Destaques

Notícias

Ulrich: No mudaria nada no Lulu

   20 de Outubro de 2016     tags: entrevista, ulrich, udio, lulu      Comentários



O baterista do Metallica, Lars Ulrich, defendeu mais uma vez o "Lulu", o controverso lbum colaborativo com Lou Reed, dizendo que "no h nada" que ele mudaria sobre a experincia de trabalhar com o finado frontman do The velvet Underground.

"Lulu" polarizou os fs ao redor do mundo, fazendo com o que o Metallica recebesse algumas das mais duras crticas de sua carreira. O esforo contou com as letras e poesias faladas do ex-frontman do The Velvet Underground, combinadas com a msica do Metallica, resultando em um som que soava diferente de tudo que a banda j havia feito.

Menos de cinco anos aps o seu lanamento, "Lulu" vendeu apenas cerca de 35 mil cpias nos EUA, segundo a Nielsen SoundScan.

Falando para o "The Eddie Trunk Podcast", Lars disse sobre o "Lulu": "No h nada que eu mudaria. Digo, a nica coisa que mudaria que eu gostaria que o Lou ainda estivesse por a. estranho estar em Nova Iorque e no poder v-lo. Eu sinto falta dele. Ns ficamos bem prximos... Ns ficamos bem prximos por um ano, e ento, quanto mais doente ele ficava, menos prximos ramos. Mas eu no sabia que ele estava doente."

Ele continuou: "No importa quantas pessoas se sentam l e encontram um problema com o 'Lulu', eu no mudaria nada nele. E eu ainda duvidaria que a maioria das pessoas, ou pelo menos a maioria dos msicos, ou os tipos mais criativos, se sentassem l e... Se o Lou Reed te ligasse e pedisse para tocar msica com ele, voc diria 'no' para isso. E se vocs falassem 'no' para isso, eu questionaria vocs como artista."

Perguntado se trabalhar com Reed no "Lulu" afetou a forma que o Metallica fez seu vindouro novo lbum de estdio, "Hardwired... To Self-Destruct", Lars disse: "Quando ns fizemos um disco com Lou cinco anos atrs, ficamos espantados como um artista experiente como ele poderia ser to impulsivo. E estar prximo dele... Ns faramos um take de algo... Ns criaramos na hora. Havia essa energia completamente momentnea, impulsiva, 'Foda-se! Acabamos'. tipo, 'Hein?', e ele diria, 'Isso foi timo'. Ns vnhamos da atitude de 'Vamos fazer isso de novo. Vamos melhorar'. E ele era tipo, 'Foda-se! Estou feliz. Isso foi timo. Isso foi um momento'. E ento eu acho que esse tipo de aceitao do momento foi algo que ns nunca tnhamos experimentado desse jeito. E eu acho que isso definitivamente nos deu uma nova forma de interpretar um processo criativo, ou nos deu uma camada adicional - que algum pode ser impulsivo e tambm pode ser feliz meio que percebendo que o que aconteceu naquele minuto foi um elemento bonito para isso que foi apenas parte daquele minuto. Ento, claro, pode ser diferente, mas a coisa toda, pode ser melhor? Mas estar com Lou e a forma que ele cantaria de uma vez, ou o que for, e ento falaria, 'timo. Estou feliz'. Foi to legal. Foi to legal."

Para visualizar este contedo, necessrio ter Flash instalado


Fonte (em ingls):Blabbermouth.net

    Top

Hetfield: Ainda espantado de Lou Reed querer ter trabalhado com a banda

   22 de Agosto de 2016     tags: entrevista, hetfield, lulu      Comentários



O frontman do Metallica, James Hetfield, mais uma vez defendeu o "Lulu", o controverso lbum colaborativo do grupo com o ex-frontman do The Velvet Underground, Lou Reed, dizendo que ele ainda fica espantado por Reed querer ter trabalhado com a banda.

"Lulu" polarizou os fs ao redor do mundo, fazendo com o que o Metallica recebesse algumas das mais duras crticas de sua carreira. O esforo contou com as letras e poesias faladas do ex-frontman do The Velvet Underground, combinadas com a msica do Metallica, resultando em um som que soava diferente de tudo que a banda j havia feito.

Menos de cinco anos aps o seu lanamento, "Lulu" vendeu apenas cerca de 35 mil cpias nos EUA, segundo a Nielsen SoundScan.

Falando com a Pioneer Press, Hetfield disse sobre trabalhar no "Lulu": "Lou era um personagem e tanto e, como qualquer artista, era bem inseguro. Era por isso que ele tinha essa atitude! Ele certamente no tinha medo de dizer o que ele pensava. Em certo momento, [o baterista do Metallica] Lars [Ulrich] disse, 'voc precisa confiar isso em mim'. E Lou disse: 'Confiar isso em voc? V se foder, eu no confio em ningum'. Eu sabia que a gente tinha que que lidar com ele com delicadeza. Mas ns ganhamos sua confiana e ele ganhou a nossa. Eu ainda fico espantado dele querer ter colaborado com a gente."

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Hetfield tem orgulho do Lulu

   07 de Dezembro de 2015     tags: entrevista, hetfield, lulu      Comentários



O frontman do Metallica, James Hetfield, defendeu o "Lulu", o controverso lbum colaborativo com o ex-frontman do The Velvet Underground, Lou Reed, explicando que fazer o disco foi uma experincia divertida que uniu ainda mais os membros do grupo.

"Lulu" polarizou os fs ao redor do mundo e recebeu duras crticas. O esforo contou com as letras e poemas falados do ex-frontman do The Velver Underground combinadas com as bases musicais do Metallica, resultando em uma experincia que no soava como nada que a banda j havia feito anteriormente.

Quatro anos desde o seu lanamento, "Lulu" vendeu menos de 35 mil cpias nos Estados Unidos, de acordo com a Nielsen Soundscan.

Falando com a revista do f-clube do Metallica, a So What!, Hetfield disse que no se arrepende de ter feito o "Lulu".

"Ns temos sido extremamente cabea-duras ou sortudos ou algo assim", disse ele. "Ns temos sido bem enfadados nas coisas que funcionaram bem para a gente. Somos perfeccionistas. Ns somos realmente extremamente auto-crticos. Isso nos levou onde estamos, mas tambm uma maldio. Quando algo no vai bem, eu sou duro comigo mesmo."

"'Lulu' no foi aceito tanto quando ns o aceitamos", continuou. "Eu tenho muito orgulho do que fizemos. Foi divertido, foi uma aventura. E h muitas bandas por a que fazem aventuras que as mataram, seja escolhendo o empresrio errado ou fazendo um mal investimento ou algo do tipo."

"Ns temos esta dedicao e lealdade a esta banda no importa o que acontea, nada pode nos matar. Seja Cliff Burton [morrendo], Jason [Newsted] saindo. O filme 'Some Kind of Monster', o drama que est rolando agora, sempre h algo que nos une e que sobrevivemos. Ento o 'Lulu' nos uniu ainda mais."

Hetfield completou: "H certos artistas que te defendem e falam, 'Ei, eu gosto disso. Eles so artistas! Eles se divertiram! algo que eles queriam fazer e eles fizeram'. Vocs no precisam gostar, eu entendo isso, mas h pessoas que so articuladas o suficiente para poderem dizer isto desta forma: 'Eu posso no gostar do projeto, mas eu fico feliz, como artista, que eles correram o risco e mandaram ver.'"

"Eu acho que no fundo tem a ver com personalidades. Voc pode ou no querer que as coisas sejam seguras, e voc investe tanto nelas que se no forem seguras, agita o seu mundo inteiro, ou voc leva a vida como uma aventura."

O guitarrista do Metallica, Kirk Hammett, disse que no ficou perturbado pelo fato de que a maioria dos fs da banda considerou "Lulu" impossvel de se ouvir, dizendo, "eu amo esse lbum at a morte. triste que algumas pessoas no o veja da mesma forma que eu, mas o que posso fazer? Eu no posso fazer nada a respeito. Eu s posso continuar amando-o. E se as pessoas gostarem, timo. Se no gostarem, timo tambm. s msica."

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Lulu: Disco ainda no vendeu nem 33.000 cpias

   17 de Novembro de 2014     tags: lulu      Comentários



Desde o seu lanamento h quase trs anos, Lulu, o controverso lbum colaborativo do Metallica com o ex-frontman do The Velvet Underground, Lou Reed, vendeu menos de 33.000 cpias nos EUA, de acordo com o Nielsen SoundScan.

Lanado em 1 de novembro de 2011, Lulu, vendeu 13.000 unidades em sua primeira semana nos EUA estreando na 36 posio da Billboard 200. Em contraste, o ltimo lbum de estdio do grupo, e somente do grupo, Death Magnetic, de 2008, vendeu 490.000 cpias em trs dias de vendas.

Mesmo outro controverso trabalho do Metallica, St. Anger, vendeu 418.000 cpias em sua semana inicial.

Lulu polarizou fs ao redor do mundo e ganhou algumas das piores reviews da carreira do Metallica. O trabalho trouxe tambm as letras poticas de Lou Reed, combinadas com o ataque snico das msicas do Metallica, de uma forma que no soava nada com o que o grupo j tivesse feito antes. Ele um lbum conceito baseado em duas peas do autor alemo Frank Wedekind. Esse lbum foi co-produzido por Reed, pelo Metallica e por Hal Willner.

Somente duas msicas do lbum tem menos de cinco minutos de durao, enquanto duas tem mais de 11 minutos e a faixa que fecha o disco, tem 19 minutos.

Fonte: Whiplash!

    Top

Hammett: Continuarei amando "Lulu" at a morte

   01 de Junho de 2014     tags: hammett, entrevista, lulu      Comentários



Em uma nova entrevista com a MTV finlandesa, o guitarrista do Metallica, Kirk Hammett, disse que ainda se sente orgulhoso por "Lulu", o controverso lbum colaborativo da banda com o ex- vocalista do Velvet Underground, Lou Reed.

"Lulu" polarizou fs ao redor do mundo e rendeu ao Metallica alguns dos comentrios mais contundentes de sua carreira. O trabalho contou com as palavras poticas de Lou Reed nas letras, combinando com a msica do Metallica em uma experincia chocante que no soa nada que a banda j tenha tentado antes. Um lbum conceitual baseado em duas peas do incio do sculo 20, do autor alemo Frank Wedekind, o CD foi co-produzido por Reed, Metallica, Hal Willner - que j produziu lbuns para o prprio Lou Reed, Marianne Faithfull, e Laurie Anderson, entre outros - e Greg Fidelman. Fidelman tambm mixou o lbum.

Hammett disse que ele lembra com carinho sobre a composio de "Lulu" e as sesses de gravao, chamando-o de "uma experincia incrvel". Ele acrescentou: "Ver Lou em ao naquele momento de sua vida, quando sua sade no estava to boa, ele j no tinha muita energia, e v-lo em ao com idias brilhantes, foi incrvel. Foi uma coisa incrvel para mim, porque eu sempre fui f de Lou Reed, desde que me lembro, e poder estar na mesma sala com ele, conversar com ele e ouvir aquela voz falando com voc... perfeito, incrvel. E eu nunca vou esquecer".

De acordo com Kirk, ele no se sente incomodado com o fato de que maioria dos fs do Metallica consideram "Lulu" praticamente inaudvel, dizendo: "Eu amarei esse lbum at a morte. lamentvel que as outras pessoas no vem isso da mesma forma que eu, mas o que posso fazer? Eu no posso fazer nada sobre isso. Posso apenas continuar amando-o. E se as pessoas gostam, timo. Se as pessoas no gostam, timo tambm. apenas msica".

Fonte: Whiplash!

    Top

Trujillo: "Muitos fs do Metallica acharam o Lulu uma porcaria"

   02 de Junho de 2013     tags: trujillo, entrevista, orion music and more, lulu      Comentários

Durante uma nova entrevista com Brian McCollum do Detroit Free Press, o baixista do Metallica, Robert Trujillo, foi perguntado se os fs da banda sempre confiam no trabalho do grupo, tanto ao vivo quanto em estdio. "Sim e no", Trujillo respondeu. "Obviamente houveram reviews variados sobre nossa experincia com Lou Reed ('Lulu', 2011). Algumas pessoas acharam que foi uma declarao artstica incrvel. Muitos fs do Metallica acharam que foi uma porcaria. [risos]"

"Voc pega as chances e meio que segue o fluxo disso. Ns s tentamos nos divertir. Esse o nome do jogo - ser criativo - e algumas vezes funciona, as vezes no."

"Isto que torna a banda especial - o fato de que o Metallica pode ir e tocar com uma orquestra e colaborar com outros tipo o Lou Reed, e na verdade fazer um pouco de improviso em territrio desconhecido."

"Atualmente e nesta idade, importante se manter relevante, especialmente para ns. Ns somos inspirados por tanta coisa, gostamos de tentar coisas. Algumas vezes, financeiramente, pode ser trabalhoso... Ns estamos l para entregar a paixo que sentimos pela msica. Quando ns colocamos as guitarras, como se fossemos crianas de novo. E isso diferente de muitas bandas quando ficam velhas, de ainda se conectar a msica dessa forma. Ns criamos tantos riffs - nosso problema mant-los todos fora de uma msica. [risos] um bom problema de se ter."

"No momento, estamos tendo um bom trabalho em focar em fazer um disco novo, pois h tantas outras coisas rolando."

Trujillo tambm falou sobre o segundo ano do Orion Music + More, um festival de msica e estilo de vida criado pelo Metallica e a C3 Presents.

"Uma das coisas do festival Orion que bem legal que tambm um evento de estilo de vida", disse o baixista. "Ns estamos conectando diferentes nveis musicais com vrios tipos de bandas, mas tambm com as paixes do dia a dia. Ano passado, ns estvamos na praia, ento teve surf, jet skis. Ns temos uma zona de skate - lendas alm de profissionais novos - o que timo para mim. Eu cresci andando de skate e surfando. Eu ainda uso tnis Vans at hoje."

"O James [Hetfield, guitarra/vocal] ter carros de filme, televiso. Essa sua paixo. Ele legtimo. Isso o que ele faz - construir carros customizados. Kirk [Hammett, guitarra] ter sua casa de terror. Sobre a situao do Lars... Ele realmente ama a arte de fazer filmes. Ele est em outro nvel. Eu curto filmes tambm. Ele meu cara nmero um, minha crtica - 'Ei, confira este corte grosseiro'. Ele bem honesto e sincero. Ele incrivelmente inteligente..."

"Com sorte, ns podemos manter isso. O Orion uma coisa nova, sabe. Toma tempo. Fazer seu prprio festival no uma tarefa fcil. baseado nos festivais europeus, com uma variedade de msica, onde voc tem Los Lobos tocando antes do Metallica, ento um artista pop em seguida."

A entrevista completa, em ingls, pode ser lida clicando aqui.

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Lou Reed: "Os fs do Metallica tem o QI de um esquilo"

   15 de Junho de 2012     tags: lou reed, lulu      Comentários

O ex-lder do Velvet Underground disparou contra os fanticos pelo Metallica e os classificou como "muito fechados".

Lou Reed e a banda de thrash fizeram uma parceria no ano passado que resultou no disco "Lulu", que se tornou um dos dos maiores fracassos discogrficos dos ltimos tempos, resultando em uma batalha entre os fs do grupo com o veterano msico.

Como resultado, Reed acusou os metaleiros de terem "crnios metlicos com o QI de um esquilo".

"Os caras do Metallica so maravilhosos, tenho muito carinho por eles", disse o artista sobre seus colegas antes de criticar aqueles que criticaram o lbum.

O disco 'Lulu' composto por dez canes inspiradas nas peas do escritor expressionista alemo Frank Wedekind, 'As Peas de Lulu'. No entanto, longe de manter as aparncias, o lendrio msico de 70 anos, advertiu que "no h nenhuma mensagem" sobre o contedo de suas canes, de acordo com a agncia alem DPA. Seguindo a mesma linha de poucos amigos, Reed continuou, "99% das coisas no me importam".

Agradecimentos: Diego Bez
Fonte (em espanhol): Terra Colmbia

    Top

Ulrich: As pessoas eventualmente sero capazes de falar sobre o Lulu cara a cara

   22 de Fevereiro de 2012     tags: entrevista, ulrich, lulu      Comentários

O baterista do Metallica, Lars Ulrich, falou com Roche da rdio DC101 de Washington D.C no comeo desta semana sobre o novo grande projeto da banda, que o festival Orion Music + More, um festival de dois dias criado pela banda que acontecer em Junho em Atlantic City e contar com mais de 20 bandas, atraes relacionadas a estilo de vida, entre outros. Ulrich tambm falou sobre o lbum colaborativo com Lou Reed, Lulu, que teve baixa vendagem e crticas desastrosas em Novembro passado. Confira um trecho da conversa abaixo, ou oua o udio completo em ingls clicando aqui.

Quando perguntado sobre a sua opinio sobre as reaes dos fs ao Lulu, Lars disse, Voc aprende, ao longo do caminho, a meio que absorver tudo com um pouco de distncia. Obviamente, fantstico que em 2012 a internet d meios para todos expressarem suas opinies, e eu acho que um meio incrvel de se comunicar e aproximar o mundo. Mas, obviamente, como um artista, ou algum que est criando algo, voc tem que tomar cuidado com o quo fundo voc vai no que todos esto falando, porque realmente pode ferrar sua mente. Eu sempre estive numa posio na qual sou bem insensvel, ento essas coisas no me incomodam tanto. Foi muito difcil para o Lou, porque ele leva tudo muito para o lado pessoal. E eu acho que ele ficou muito surpreso. Ns sempre falvamos a ele: Olha, h alguns fs de metal muito, muito, muito radicais que gostam de tudo pr-embalado numa caixinha assim, e, no minuto que voc varia um pouquinho daquilo, eles ganham uma hrnia. E tudo bem Estou bem com isso. As pessoas tem que entender e eu acho que tenho dito isso durante boa parte dos 30 anos (risos), e eu tenho tentando encontrar outras maneiras de dizer isso, mas basicamente a mesma coisa, que que as pessoas tem que entender que no Metallica, ns meio que precisamos continuar a nos reinventar e experimentar coisas diferentes e tentar experincias diferentes; parte do que precisamos para sobreviver criativamente. Ento, nessa situao, quando uma lenda, um cone como Lou Reed te liga e fala, Venha e grave um lbum comigo, meio Ok. Ns iremos e gravaremos com voc.A voc se joga na aventura e v onde ela vai te levar. Sabe, a melhor parte de estar no Metallica ns podemos fazer isso e no devemos satisfaes a ningum, no temos que pegar dinheiro de ningum para fazer acontecer, ou coisas assim. Ento um luxo. E entendo que existam pessoas que fiquem ressentidas com isso, porque eles querem que o Metallica faa apenas o que elas querem que seja feito. Mas eu no consigo viver assim. (Risos) Ento foi uma experincia realmente muito, muito divertida gravar esse lbum. Foi um pouco difcil, obviamente, as reaes isso, porque ns sentimos que fizemos algo realmente impulsivo, mas bonito e que tem seu charme. Mas a parte interessante que, nas ltimas semanas, a cada dois ou trs dias, acho que o Howard Stern comeou a falar sobre uma msica semana passada chamada Junior Dad e sobre como ele estava errado sobre o lbum na primeira vez que ele ouviu e como agora Junior Dad uma msica incrivelmente bonita e ele a ouviu a semana inteira e aconselhou todos a fazerem o mesmo. E eu acabei de ver um artigo, na LA Weekly ou algo assim, algum me enviou, falando que o lbum de 2011 na verdade foi o Lulu mas ningum vai reconhecer isso pelos prximos vinte anos. Ento, um a um, eles esto caindo. (Risos) Em novecentos anos, as pessoas sero capazes de falar sobre o Lulu, cara a cara, sem esconder-se atrs de mscaras. Estamos aguardando esse dia. (Risos)

Agradecimentos: Lady Justice
Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Slayer: Metallica tentou ser cool demais com Lulu

   16 de Fevereiro de 2012     tags: slayer, entrevista, lulu      Comentários

Jenn Selby do The Quietus realizou recentemente uma entrevista com o baixista/vocalista do Slayer, Tom Araya. Alguns trechos da conversa podem ser conferidos abaixo, em que ele fala sobre o controverso disco "Lulu":

The Quietus: O Metallica decidiu ir em uma direo pouco usual recentemente e fez o "Lulu" com Lou Reed. Qual seria o equivalente do Slayer, se vocs tivessem que ir e faze-lo, e tivessem que escolher um artista para faze-lo e que fosse totalmente diferente, quem seria e por que?

Tom: Erm... Eu no posso dizer pela banda inteira, mas exigiria pensar muito, e eu no nos vejo fazendo algo como isso. Eu no consigo nem conceber a idia de fazer algo como isso, sabe? Lou Reed dentre todas as pessoas, sabe? Ele to avant garde, to fora, to musicalmente diferente. Ele tem sua prpria coisa. Ele tem sua prpria forma. E para eles tentarem... Eu no sei, quando eu descobri sobre isso, eu achei que foi um pouco demais.

The Quietus: Voc ouviu o lbum?

Tom: No, eu no ouvi o lbum. Eu no quero. Para mim, como se fosse, eu odeio dizer isso, mas tentar demais ser cool.

The Quietus: Lou Reed est se esforando demais?

Tom: No, no, no, isto no nada contra o Lou Reed. Lou Reed timo, eu acho que o que ele faz maravilhoso, mas o Metallica tentando ser cool demais. Eles esto tentando ser cool demais. Por que vocs precisam fazer isso? Por que vocs precisam ser to cool? Isto com o Metallica, no com Lou Reed. Ele timo... E eles vo odiar se lerem isto, eles vo me odiar por falar isto, mas s minha opinio pessoal. Eu no preciso nem ouvir o lbum! [Risos]

A entrevista completa pode ser lida, em ingls, clicando aqui.

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Five Finger Death Punch fascinado com deciso do Metallica de lanar Lulu

   16 de Janeiro de 2012     tags: five finger death punch, entrevista, lulu      Comentários

A Rockpages da Grcia realizou uma entrevista com o guitarrista Jason Hook da banda Five Finger Death Punch. Confira alguns trechos da conversa abaixo.

Rockpages: Bandas de metal que atraem o que chamamos de "mainstream" so geralmente condenadas pelos fs mais hardcore de metal.

Hook: Ter uma audincia ampla uma coisa boa. Eu amo metal mas eu tambm gosto de cantar as msicas. Se voc olhar para o Metallica, eles no so to pesados em comparao com o que temos por a atualmente... James [Hetfield, frontman do Metallica] est basicamente cantando durante todas as msicas e elas so msicas grudentas. O lbum preto foi popular e provavelmente desanimou alguns de seus fs hardcore, mas ele vendeu 20 milhes de cpias e mudou o futuro daquela banda para sempre.

Rockpages: Falando sobre o Metallica, que recentemente colaborou com Lou Reed, eu gostaria de te perguntar o que voc achou disso. Foi algo que causou diversas reaes. Alguns gostaram, outros odiaram. E voc, o que voc achou de "Lulu"?

Hook: Eu toquei para os [outros] caras [da banda] e ficamos todos sem palavras. Eu estou fascinado com a deciso [do Metallica] de lanar algo como isso. Corajosos, para dizer o mnimo.

A entrevista completa pode ser lida, em ingls, clicando aqui

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top


  Prximas >>>

Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2019 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade