Destaques

Notícias

Prximo lbum com lanamento virtual?

   26 de Novembro de 2008     tags: disco novo      Comentários

O baterista do Metallica, Lars Ulrich, disse a RollingStone.com que a banda est considerando a possibilidade de um lanamento virtual do prximo lbum. "Ns estamos livres de nosso contrato com a gravadora", disse ele. "Ns temos esse elemento de liberdade total em nosso prximo disco, ento podemos fazer o que quisermos. Ns podemos fazer uma coisa na internet ou at colocar na gravadora de Andy Greene". Ele completou, "eu no esperaria outro lbum do Metallica. Eu ainda estou descomprimindo e sentindo toda a experincia de nosso ltimo disco, mas se ns lanarmos um lbum a cada quatro ou cinco anos no to mal".

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Matria da Rolling Stone sobre o novo lbum

   12 de Junho de 2008     tags: ulrich, disco novo      Comentários

"Rick Rubin disse que ele queria fazer o lbum definitivo do Metallica", disse o baterista Lars Ulrich, e todos os indicadores apontam que Rubin conseguiu atingir seu objetivo. o Metallica est se preparando para lanar o sucessor do St. Anger de 2003, e as msicas que David Fricke da Rolling Stone ouviu so old school e destruidoras.

Este foi o conselho que o produtor Rick Rubin deu ao Metallica h dois anos, quando a banda se juntou para compor o prximo lbum: "Eu disse, 'imaginem que vocs no so o Metallica'", relembra Rubin. "'Vocs no tem nenhum sucesso para tocar, e vocs precisam vir com material para tocar na guerra de bandas. Como vocs soam?'"

"Era a coisa bvia - que no vamos", disse o cantor e guitarrista James Hetfield. Rubin, um amigo de longa data e f que estava produzindo um lbum do Metallica pela primeira vez, "deu um foco, instantaneamente, com esta frase."

A matria completa e traduzida da Rolling Stone pode ser conferida aqui no Metallica Remains, clicando aqui.

    Top

Metallica comenta sobre a remoo dos reviews do novo lbum

   12 de Junho de 2008     tags: disco novo      Comentários

O site oficial do Metallica foi atualizado com a seguinte mensagem, a respeito dos reviews recentes do novo lbum que foram removidos.

Embora ns ocasionalmente gostamos de ler os vrios comentrios, boatos, especulaes, reviews, fofocas e todas essas coisas boas que a internet traz, raramente ns sentido a vontade/necessidade de responder a "blogosfera"... Ei, todos podem ter seus prprios pensamentos e opinies, certo? Entretanto, assim que ressurgimos na tera, depois de algumas semanas em turn na Europa, ns fomos informados que algum na Q Prime (que nos gerencia) fez o erro de pedir para que algumas publicaes removessem os reviews de mixagens cruas do novo lbum que foram postados em seus sites. Nossa resposta foi "POR QUE?!!! Por que remover a maioria dos reviews positivos de nosso prximo disco... Isto no faz sentido para ns!" Ento depois de algun rounds de espancamento de ouvido da gerncia e sentenciar todos da Q Prime a fazerem 20 flexes cada, ns pensamos por que no arrumar o problema ns mesmo e postar os links aqui no nosso site. Kerrang, Metal Hammer (traduo), The Quietus (traduo).

T vendo, ns mantemos uma seo "na imprensa" aqui no Metallica.com por vrios anos j, postando links para reviews de shows, lbuns e DVDs, e outras coisinhas que ns achamos enquanto surfamos por a. Alguns bons, outros no to bons, mas ns colocamos todos... Mais ou menos do mesmo jeito que ns fazemos com os fruns deste site... Aceitando todas as crticas.

Ento no esprito de manter essa seo atual, ns colocamos o mximo de reviews dos mixes crus do novo disco aqui para que voc possa achar. Se ns tivermos esquecido de algum, ns informe... E nesse meio tempo, ns estamos sempre adicionando, ento faa bom uso.

    Top

Gerncia do Metallica recusa comentar sobre reviews removidos

   09 de Junho de 2008     tags: disco novo      Comentários

Apenas um dia depois de vrios sites do Reino Unido divulgarem reviews iniciais de seis msicas novas do Metallica que foram tocadas para eles em Londres na semana passada, as informaes foram removidas, teoricamente a pedido da gerncia da banda. Um dos sites, The Quietus, disse a Blinded By The Hype que o jornalista na sesso de audio no foi informado de que no poderia divulgar informaes a respeito do que ouviu e tambm no assinou nenhum termo referente a isso. O site foi posteriormente contatado e pedido para ter o artigo removido, o que foi feito para proteger os interesses profissionais do escritor em questo.

O The Quietus foi reservado mas, em geral, positivo nos comentrios sobre as novas msicas do Metallica, enquanto outro sites - como as revistas Kerrang!, Metal Hammer e Rock Sounds - foram mais animados.

O representante da gerncia do Metallica no quis comentar a respeito.

O review do The Quietus pode ser lido aqui no Metallica Remains, clicando aqui. J os reviews da Metal Hammer e da Rock Sound podem ser lidos aqui. Um review adicional, da Classic Rock, tambm pode ser lido aqui.

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Impresses do novo lbum pelo The Quietus

   06 de Junho de 2008     tags: disco novo      Comentários

Bob Mulhouse do The Quietus estava entre os jornalistas de msica pesada do Reino Unido escolhidos para terem um preview de seis msicas do novo lbum do Metallica. A sesso de audio aconteceu na quarta-feira (4 de Junho) em Londres, com representantes da Rock Sound, Kerrang! e Metal Hammer tambm presentes. Mulhouse escreveu, "Foi com alguma tremedeira... Que eu fui a audio do novo lbum do Metallica no QG da Universal, a gravadora deles no Reino Unido. Permitiram que ouvssemos seis das dez msicas que iro aparecer no lbum - o que, um representante da gerncia da Q-Prime nos informou, chamado coloquialmente pelo Metallica de 'nove picos e uma msica'. A sensao da ocasio foi reforada pela presena quase inteira dos times editoriais das duas maiores revistas de metal do Reino Unido, olhando um para o outro."

"De cara, um alvio ouvir que a pssima produo de 'St. Anger' foi deixada de lado. [Lars] Ulrich substituiu a lata daquele lbum por uma caixa de verdade de bateria, e o som soa novo, limpo e ressonante (mesmo que as msicas ainda estejam em estados iniciais de mixagem). A primeira msica, como o resto dos 'picos', tem entre seis e oito minutos de durao e comea com uma introduo de baixo do extraordinrio Robert Trujillo. Movendo rapidamente de riff a riff, a msica explode com energia e idias: o vocalista e guitarrista base James Hetfield grita 'Luck runs out!' [traduo: 'Sorte acaba!'] repetidas vezes e joga alguns riffs loucos e semi-progressivos que poderiam ter sido tirados diretamente do ltimo lbum realmente bom deles, o '...And Justice For All', de 1988. O guitarrista Kirk Hammett, que foi banido de solar no 'St. Angstia' sem nenhuma explicao adequada, est em chamas, mandando as peas meldicas e rpidas que o tornou famoso em uma grande seo de solo - at como se ele estivesse compensando o tempo perdido. Esta a melhor msica do Metallica em anos, talvez desde os anos 80."

"A prxima msica tem o ttulo provisrio de 'Flamingo' e ser o primeiro single. Agora, os singles principais do Metallica tm sido uma porcaria desde 1995, ento foi um alvio ouvir que a 'Flamingo' (que provavelmente no ter este nome) um take moderno de sua msica excelente 'One', de 1988, toda balada no comeo antes que entre a tempestade de metal rpido no final. Hetfield deixa uma introduo limpa palhetada que me lembrou Beach Boys (eu sei... Mas eu s ouvi uma vez, tudo bem?) antes que o corpo da msica, que basicamente como 'The Unforgiven' do lbum preto de 1991. Se voc estiver familiarizado com a progresso de acordes por trs do solo de 'Am I Evil?', a anci msica do Diamond Head que o Metallica se apossou, voc talvez possa imaginar o riff por baixo desta msica - pulos simples e efetivos."

"No entanto, no podemos esquecer que este o Metallica moderno - e as duas msicas seguintes so menos divertidas. A primeira, que pode chamar 'We Die Hard' julgando pela frequncia com que Hetfield fala esta frase, comea chata mas acelera na metade e entra em um territrio ligeiramente progressivo, riffs que comeam e param e tempo inteligente. A prxima msica bem '...And Justice For All', um trabalho longo e sem pressa que gira em torno da linha 'Bow down / Sell your soul to me / I will set you free' [traduo: 'Se curve / Venda sua alma para mim / Eu te libertarei'], ums linha de 1988 se eu a tivesse ouvido antes. Apesar do solo habilidoso de Hammett, no tima."

"At o momento, ns tivemos duas msicas boas e duas msicas chatas - um nmero que no ruim para o novo Metallica, acredite. No entanto, a faixa cinco tediosa, uma combinao dos riffs sem objetivo do 'St. Anger' e os refres sem sentido de 'Load', o lbum que quase acabou com o Metallica em 1996. 'Crying, weeping, shedding strife!' [traduo: 'Chorando, lacrimejando, liberando conflito!'] canta Hetfield daquele jeito manhoso de 'Enter Sandman', em cima de um interldio limpo nada ameaador que iria (e com certeza ir) servir certinho para a VH1."

"Neste momento o cara da Q-Prime pergunta se queremos ouvir mais, e felizmente ns dizemos que sim - porque a ltima msica (e, de fato, 'A Msica', a pequenina entre os nove picos) tima, um pedao genuno de thrash metal que comea rpida e continua desse jeito. Como uma 'Battery' mais devagar e menos precisa (a faixa que abre o lbum de 1986, 'Master of Puppets'), a msica entra e sai, sem dar boas vindas e provando que, de certa forma, o Metallica ainda tem o vigor necessrio para impressionar seus antigos fs. Ok, ela me lembra um pouco a 'Dyer's Eve', a ltima msica do 'Justice', que tem meio que um sentimento de "eu acho que devemos fazer uma rpida para os fs' nela - mas em 2008, Hetfield e Ulrich mandando alguma forma de thrash metal no algo a ser reclamado."

"Ns samos da sala de audio sem falar muito. Este lbum pode ser bom, ou pode ser medocre - muito depende das outras quatro msicas para sabermos o resultado neste momento. Eu tento no pensar nisso, mas isto importa, droga. Realmente importa."

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Mais impresses do novo lbum

   05 de Junho de 2008     tags: disco novo      Comentários

A Classic Rock estava entre os jornalistas de rock selecionados para ter um gostinho do novo lbum do Metallica ontem. No momento sem ttulo, o novo disco da banda foi apelidado pela gerncia como "Nove picos e uma msica". Ns ouvimos seis delas - sem mixagem e todas sem nome (ns chutamos alguns dos ttulo em nossa faixa a faixa, abaixo).

A Classic Rock foi uma das poucas revistas a dar ao ltimo lbum da banda, St. Anger, um review ruim quando saiu, onde Philip Wilding deu um 2/5. " um monte de coisas sem sentido, do comeo ao fim basicamente", ele escreveu. "Esquea nuncias ou sobriedade - ou o Metallica, por assim dizer - isto um dos ltimos heavy metals pulverizados em uma risvel papa que deve tanto a deviao do rock nos ltimos trs anos quanto ao crdito lendrio que o Metallica construiu e cultivou desde os anos 80. Isto, voc deve imaginar, deve ser o som de uma crise de meia idade..."

O documentrio do ano seguinte, Some Kind of Monster, deixou os fs ver exatamente isso - o derretimento criativo e pessoal que ocorreu durante o processo criativo.

Ento o novo lbum o som de heris vencedores? Ou s o som de alguns multi-milionrios com uma franquia a ser explorada? Ele tenta tanto agradar - ou o som de uma banda que sabe que eles tm tudo a provar e que o ano deles para ser conquistado?

Talvez seja o triunfo de vender vrios milhes que far com que eles toquem um pouco nas rdios sem recorrer a algum estilo a la Chili Peppers. Talvez seja a reconstruo de glrias passadas. Talvez seja tarde demais. Ou talvez seja alguns mestres do metal mostrando ao jovens aspirantes como fazer isso (com riffs e solos, e sabe, cantar - no rosnar).

As letras so o trabalho de um bobo de meia idade com um dicionrio de rimas? Ou elas so o trabalho de tits do thrash que acharam uma voz e criaram msicas intensas que se encaixam para estes tempos intensos?

O jri est solto at que possamos passar algum tempo com o lbum. At l, isto o que ouvimos...

Para ler o review completo, com detalhes de cada msica, clique aqui.

    Top

Impresses do novo lbum

   04 de Junho de 2008     tags: disco novo      Comentários

As revistas Rock Sound e Metal Hammer, ambas do Reino Unido, postaram suas impresses a respeito do novo lbum do Metallica, aps uma sesso de audio que aconteceu hoje (4 de Junho) em Londres.

De acordo com a Rock Sound: Na primeira impresso e apenas aps uma ouvida, a Rock Sound pode confirmar que as msicas que ns ouvidos soam bem parecidas com a vibrao clssica do Metallica, relembrando os dias de "Master of Puppets", "...And Justice For All" (mas com baixo) e o lbum homnimo - sem soar datado ou cansado.

Nas seis faixas que a Rock Sound ouviu nesta tarde, apenas uma tinha uma ttulo provisrio - "Flamingo". Com uma introduo lenta, a msica tinha uma reminiscncia de "Battery" na vibrao, com dois solos de guitarra e uma tendncia melodiosa e de groove.

O primeiro single um rock pico poderoso, na veia de "The Unforgiven", "Nothing Else Matters" e "Sanitarium", com um interldio mais rpido e pesado, e alguns toque de Thin Lizzy nos riffs de guitarra.

Outra msica conta com as letras, "Into abyss, you don't exist, you can't resist the Judas kiss" [traduo: "No abismo, voc no existe, voc no pode resistir ao beijo de Judas"]; outra conta com uma bateria e baixo quase no estilo de Rage Against The Machine e letras sobre suicdio e cianeto; j a ltima msica que ouvimos, entitulada "The Song", tem menos de cinco minutos e um ataque galopante de thrash metal com uma lembrana de Testament nela!

Ns suspeitamos que os outros ttulos de msicas possam incluir "Die Hard", "Show Your Scars" e "My Apocalypse" - mas no nos responsabilizamos se nenhum desses ttulos ou letras estiverem certos!

Felizmente, h muito dos solos tradicionais de Kirk Hammett e um som decente de bateria. A voz de Hetfield est em boa forma tambm. Todas as msicas tm diferentes partes nelas, dando a impresso de que o quarteto est revisitando a vibrao pica do perodo clssico da banda.


De acordo com a Metal Hammer: Como as msicas soam? Faixa um, que somente conhecida pelo ttulo provisrio de "Flamingo", abre com uma bateria trovejante enquanto a guitarra principal a encontra mais pra frente, intercalando um movimento de comea-pra at que se juntam em um estilo thrash clssico, riffs pesados no estilo "Fight Fire With Fire" e batidas perfurantes. Demora pelo menos dois minutos at que os vocais de James Hetfield entrem, e embora eles soam furiosos, esta no a melhor forma dele, mais aberto em tom, e embora ainda tenha um vocal memorvel para o refro, tem tanta coisa rolando na msica, e tantas idias jogadas que difcil na primeira ouvida escolher o riff que voc lembrar. Mas com riffs galopantes e o retorno de quebradas de guitarra surgindo dos grooves, voc pode ouvir o verdadeira esprito do Metallica, mesmo que seja refletido em um espelho em mosaico.

A faixa dois , no fundo, uma balada que relembra "Fight Fire With Fire" e "Nothing Else Matters", com uma introduo harmoniosa, vocais viajantes e algumas pontes levemente progressivas que se transformam em riffs mais galopantes e solos de guitarras. De novo, a msica tem vrias sees diferentes, mas ainda soa massiva.

A faixa trs entra com um riff que comea e pra, com toques orientais, enquanto outra linha de guitarra tocada e as linhas de voz de Hetfield mantm o poder de algo como um profeta monoltico observando os eventos enquanto os riffs entram, soando como um exrcito marchando, atirando metodicamente em qualquer um que estiver no caminho.

A faixa quatro relembra "Master of Puppets" com mais do que um toque de Slayer. Depois de uma introduo de bateria no estilo de uma artilharia, ela logo entra no modo thrash, marchante. A voz de Hetfield tem digresses meldicas, enquanto ele urra "Bow down, surrender unto me" [traduo: "Se curva, se renda a mim"]. O groove dessa msica te carrega enquanto ela te leva a atmosferas a la Led Zeppelin. Ainda no exatamente o tipo de monstro irresistvel que eles j criaram antes, mas o Metallica ainda pode provar que eles podem soar firmes e picos ao mesmo tempo, e quando a faixa cai no interldio na metade, voc pode imaginar corais vindos da platia ao vivo.

A faixa cinco tem outra abertura forte, com um groove diferente, no muito diferente de Rage Against The Machine, mostrando riffs afiados que surgem por cima da percurso irregular que cai num caminho mais meldico e que d lugar mais uma vez ao festival emocionante de riffs.

A faixa seis a "msica", consideravelmente mais curta que as outras, mas cheia de riffs clinicamente afiados, mais partes a la Slayer e grooves galopantes, tudo envolvido por um toque mais oriental.

As impresses iniciais so que este um lbum que far nosso sangue correr, mas saber se ele ser ou no tudo que esperamos precisar mais algumas ouvidas para responder. De qualquer forma, estamos muito aliviados e muitos emocionados, e mal podemos esperar para ouvir o resto.


Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Greg Fidelman mixar novo lbum

   16 de Maio de 2008     tags: disco novo      Comentários

O Metallica escolheu Greg Fidelman - um engenheiro/produtor que trabalhou com o atual produtor do Metallica, Rick Rubin, nos lbuns do Red Hot Chili Peppers, System of a Down, Slipknot e Audioslave, entre outros - para mixar seu prximo lbum, a sair em Setembro.

Durante uma entrevista no dia 14 de Maio para a The Pulse of Radio, Ulrich disse que o gropo espera terminar o trabalho no lbum em tempo para a semana do feriado do Memorial Day. "Est bem perto," disse ele. "Ns temos quatro dias em estdio semana que vem para ajeitar. Se houver um imprevisto de ltimo minuto, sabe, 'isto precisa disto...' ou - mas est praticamente terminado. Sim, est praticamente terminado. E ento eles comeam a mixar na semana seguinte."

Fonte (em ingl6es): Blabbermouth.net

    Top

Hetfield sobre disco novo: "Envolver o passado no agora"

   15 de Maio de 2008     tags: hetfield, entrevista, disco novo      Comentários

A RollingStone.com realizou uma entrevista com o frontman do Metallica, James Hetfield, nesta quarta (14 de Maio), algumas horas antes do show da banda no Wiltern Theater em Los Angeles. Alguns trechos da conversa podem ser conferidos abaixo.

RollingStone.com: O novo lbum do Metallica j tem um nome?

Hetfield: Tem um nome e ns ainda estamos brincando com ele para ver se gostamos. Mas eu acho que o lbum est feito. Ainda precisa ser mixado. Todo o vocal, toda a gravao est praticamente feita. E ns estamos satisfeitos com ele.

RollingStone.com: O que os levou ao Rick Rubin?

Hetfield: Era hora de ter um par novo de ouvidos. Bob Rock fez coisas excelentes conosco. Ficou meio confortvel. Talvez a chama no estivesse mais tanto l, do nosso ponto de vista. Bob uma tima pessoa, um timo amigo. Eu me sinto extremamente seguro e confortvel com ele, e talvez isso no era o que precisvamos sentir nisto. Precisvamos discutir um pouco. Precisvamos ser agitados um pouco. Isso que foi a misso.

RollingStone.com: Voc concordou sempre com o que Rubin tinha a falar?

Hetfield: Com certeza no. Mas eu estava disposto a olhar e tentar. Se ele sugeria isso, tinha uma razo por trs. E a maioria das vezes era melhor, algumas vezes no. Ns queremos ser abertos, mas h momentos que sabemos que estamos certos e simples assim. Eu no estava de cabea fechada como no passado, mas havia alguma negociao rolando.

RollingStone.com: Qual era a idia por trs deste lbum?

Hetfield: A direo envolver nosso passado no agora. Ns sabemos o que sabemos. difcil apagar isso, Mas cortar isso e voltar ao por que estamos fazendo isto? Por que ns escrevemos msicas desse jeito? O modelo foi o "Master of Puppets" e a fora desse disco. Como podemos fazer isso agora?

RollingStone.com: Voc ainda v esse lbum como um auge da banda?

Hetfield: Oh, com certeza, sem dvida nenhuma. Espero que este seja outro. Ns sentimos que este disco muito bom, especialmente depois do "St. Anger". Ele era bem unidimensional e abusivo para o ouvinte. Era a raiva saindo. E se voc no estivesse sentindo isso, no soava muito bem. Mas este bem mais temperamental, com muitas coisas que eu acho que o tornam um disco diverso e interessante.

A entrevista completa, em ingls, pode ser lida clicando aqui.

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Informaes sobre o novo lbum

   15 de Maio de 2008     tags: ulrich, disco novo      Comentários

William Goodman da Spin.com entrevistou o baterista do Metallica, Lars Ulrich, hoje de manh (15 de Maio) sobre o novo disco da banda. Seguem alguns comentrios de Ulrich sobre o lbum:

- O lbum dever ser lanado em Setembro.
- O quarteto terminar a produo do disco na prxima semana, "na quarta ou na quinta", segundo Lars.
- A banda chegou ao estdio com 26 msicas, e ento chegaram a 14 com Rick Rubin. Foram gravadas 11 msicas e apenas 10 iro para a tracklist final, devido a limitaes fsicas da mdia.
- As msicas do lbum, "longas e insanas", no sero editadas e tm entre sete e 9 minutos de durao, relembrando algumas das gravaes do incio.
- Sonoramente, as msicas esto em todos os lugares, com muitas variaes.
- Esta semana o quarteto tem trabalhado com seu designer grfico na arte do lbum.
- Na gravao, o Metallica buscou um ambiente um pouco mais so, ao contrrio dos lbuns que eles produziream no incio dos anos 90. "E fomos capazes de manter isso," disse Ulrich.

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top


  Prximas >>>

Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2019 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade