Destaques

Notícias

Metallica planejava demitir Ulrich nos anos 80

   15 de Outubro de 2014     tags: anthrax, áudio, entrevista, ulrich      Comentários



O guitarrista do Anthrax, Scott Ian, confirmou os antigos boatos de que o Metallica planejava despedir Lars Ulrich no meio dos anos 80, mas acredita que James Hetfield, Kirk Hammett e Cliff Burton teriam mudado de idéia antes de demitir o baterista dinamarquês.

A história da suposta insatisfação do Metallica com Ulrich ganhou crédito em 2009, quando o ex-guitarrista do Metallica e atual líder do Megadeth, Dave Mustaine, revelou a revista Rolling Stone que Ian havia contado para ele que na última turnê de Cliff Burton com o Metallica antes de sua morte, a banda planejava despedir Ulrich ao final. Mustaine disse, "Isso foi o que Scott me contou. Ele disse que quando o Metallica voltasse para casa, que James, Cliff e Kirk iriam despedir o Lars".

Ian nunca negou ter contado sobre os planos de substituir Ulrich para Mustaine, e recontou a história agora em sua auto-biografia, "I'm The Man: The Story Of That Guy From Anthrax", lançada em 14 de Outubro no exterior.

Falando com Sid Black da rádio 94.3 KILO de Colorado Springs, Colorado, Ian falou sobre o incidente: "Muitas pessoas tem me perguntado sobre isso, e a história está por aí há bastante tempo."

"Eu não vou voltar atrás nisso; isso nunca seria minha intenção. Meu livro não é uma exposição; não é esse tipo de livro."

"Mas sim, a história era de que eles tinham feito planos e que eles iriam fazer uma mudança e arrumar um novo baterista. Nós ficamos todos chocados com isso, porque eram os quatro. Foi tipo, 'Uau! Sério?' e eles falaram, 'Sim. Quando nós terminarmos esta turnê, vamos achar outro baterista'."

"O que eu poderia fazer? Sendo só um cara que era amigo de todos eles, você se sente, 'isso é uma pena para Lars. Que merda.' E ao mesmo tempo, você espera que seus amigos possam continuar e fazer o que querem fazer."

"Obviamente, a história foi diferente para o Metallica e eles se tornaram, sem dúvida, uma das maiores bandas do planeta. Então eu estou feliz que tudo isso... Obviamente deu tudo certo para meus amigos. Foi uma tragédia horrível que Cliff tenha morrido naquele acidente de ônibus."

"Tudo que eu podia dizer sobre tudo isso era que nós éramos um bando de crianças, cara... Nós éramos um bando de crianças que nos encontramos bem cedo em nossas carreiras, e alguns anos mais tarde, estávamos juntos na Europa em turnê. Nós estávamos todos com 20 e poucos anos, e apenas celebrando a vida e o fato de que as coisas estavam acontecendo de verdade com nossas bandas. E houve um acidente de ônibus. E isso realmente colocou as coisas em seus devidos lugares depois disso. As prioridades rapidamente se arrumaram. Foi uma coisa que eu ainda não consigo entender direito."

Apesar do fato de que Hetfield, Hammett e Burton pareciam determinados em conseguir um novo baterista, Ian diz que "honestamente acha que isso não teria acontecido. Pois, acredite, eu pensei bastante sobre isso durante os anos. Eu honestamente acho que a turnê teria terminado e eu acho que cabeças mais frias teriam prevalecidos, talvez, e eu não acho que a mudança teria acontecido. Isso é o que eu acredito."

Para visualizar este conteúdo, é necessário ter Flash instalado


Fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Mustaine reafirma história sobre demissão de Ulrich (07 de agosto de 2009)
Mustaine: "Metallica planejava demitir Lars" (29 de julho de 2009)
Hammett admite que cogitaram demitir Ulrich no passado (16 de novembro de 2015)
Scott Ian comenta sobre morte de Cliff Burton (14 de fevereiro de 2014)
Autor comenta sobre seu livro sobre Metallica (29 de agosto de 2011)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2020 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade