Destaques

Notícias

Metallica fala sobre projetos de caridade

   24 de Outubro de 2013     tags: hetfield, ulrich, hammett, entrevista      Comentários

Os membros do Metallica possuem uma variedade de causas que são importantes para eles. Algumas nós já ouvimos falar, mas muitas não. Neste dia em particular, falando com a Samaritanmag, o vocalista/guitarrista James Hetfield menciona a unidade familiar e a MusiCares; em outro dia, ele poderia ter mencionado outros. O guitarrista Kirk Hammett cita o Surfrider Foundation.

A banda de Los Angeles, que já vendeu mais de 100 milhões de álbuns nos últimos 30 anos, gosta de manter sua filantropia no silêncio. Nós apenas ouvimos sobre isso se é algo da banda, como quando Hetfield, Hammett, o baterista Lars Ulrich e o baixista Robert Trujillo doaram US$21.000 para a organização de serviços comunitários de Montreal, Sun Youth. A quantia foi uma parte do arrecadamento de dois shows em 2009. O Metallica aparentemente faz isso em cada parada de sua turnê, doando localmente.

No último verão em Vancouver, o terceiro show que o Metallica fez no Rogers Arena para a filmagem de seu novo filme em 3D, Metallica: Through The Never, teve o ingresso ao custo de apenas US$5 e todo o dinheiro foi para o Greater Vancouver Food Bank.

"Nós apoiamos coisas como essa usualmente", disse Ulrich a Samaritanmag, "mas em termo de política, a banda é tímida para fazer algo junto. Nós não saímos gritando sobre isso. Eu acho que muitas vezes isso pode ficar perto de auto-promoção. Então nós apoiamos muitas coisas, mas primariamente de forma individual."

Hetfield fala que o devido cuidado deve ser tomado antes de apoiar ou atestar uma caridade.

"Ela realmente precisa ser legítima", disse Hetfield a Samaritanmag. "Ao meu ver, há um egoísmo na caridade; as pessoas não querem investigar; elas só pensam, 'eu vou dar dinheiro para algo e, cara, eu me sinto tão bem'. Esse tipo de egoísmo. Você não sabe para onde o dinheiro está indo. Ele pode ser interceptado por rebeldes no país; sabe, todo esse cliché, mas é verdade; essas coisas acontecem. Então ver além disso é bem difícil, a não ser que seja uma instituição de caridade com reputação ou se você está doando diretamente para alguém."

"Causas para mim? Família. Família.", disse o pai de três filhos. "Manter a família unidade, forte, saudável. Honestamente - criar seus filhos com bons valores e moral; ensinar seus filhos a serem boas pessoas e a darem."

Hammett, um colecionador de memorabilia de horror, que doou ano passado dinheiro do lançamento do seu livro Too Much Horror Business em São Francisco ao Mission Cultural Center For Latino Arts, disse que a Surfrider é a causa de importância primária para ele. A fundação de Malibu, Califórnia, protege o oceano e praias em 18 países.

"Eles basicamente mantem os oceanos limpos e os mantem livre de poluição", disse Hammett.

"Eu mijei no oceano semana passada. Desculpa", brinca Hetfield, provocando seu colega de banda.

"Tubarões são atraídos por urina", rebate Hammett.

"A outra coisa que eu tenho me envolvido é a MusiCares", completa Hetfield, agora que a conversa partiu para essa área. "É para músicos que estão lutando contra vícios, ajudando-os a ver o lado positivo de suas criatividades, ao invés de ficarem presos no escuro, mostrando para eles a direção certa."

A MusiCares foi estabelecida pela National Academy of Recordings Arts and Sciences (NARAS), que promove os Grammy Awards. Ela provê a segurança para dar assistência crítica a pessoas ligadas a música em momentos de necessidade, incluindo serviços e recursos que cobrem uma varidade de emergências financeiras, médicas e pessoais.

Hetfield que procurou ajuda por seu alcoolismo em 2002 - documentado no filme Some Kind of Monster de 2004 - disse que outros estão lutando contra os mesmos problemas as vezes o procuram por conselhos.

"Nós encontramos isso na estrada. É bem espetacular a próxima geração de músicos e crianças; digo, meus filhos são muito mais abertos do que eu era e eu acho que sou mais aberto do que meus pais, então está ficando cada vez melhor. As pessoas estão aceitando as diferenças das pessoas; as pessoas estão aceitando as doenças e lutas dos outros, então eu acho que há muita ajuda nas próximas gerações."


Veja também

James Hetfield será homenageado (09 de março de 2006)
Hetfield: Mudança para Colorado foi motivada por atitude elitista de São Francisco (19 de dezembro de 2016)
Kirk Hammett diz que as "coisas estão mais reais" no Metallica (09 de agosto de 2004)
Discurso de James para a MusiCares MAP Fund (14 de maio de 2006)
Hetfield: "Meu pai não me ensinou como fazer isso ou aquilo" (05 de março de 2011)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2020 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade