Destaques

Notícias

Hetfield sobre disco novo: "Por mais que demore é o quanto vai demorar"

   19 de Dezembro de 2015     tags: entrevista, hetfield      Comentários



O frontman do Metallica, James Hetfield, falou sobre como as mudanças na indústria da música e a introdução da tecnologia digital afetou a forma como sua banda conduz os negócios.

"O mundo do consumidor, varejo, o que for, o produto parte disso - é uma forma totalmente diferente", disse Hetfield a revista So What! do fã-clube da banda. "Mas isso não mudou a forma com que gravamos."

Ele continuou: "Nós temos muito material [novo para o próximo álbum do Metallica]. Nós estamos passando por eles. Queremos o melhor do melhor. Isso é o que sempre fizemos, e por mais que demore é o quanto vai demorar."

"Nós não vamos atender aos consumidores agora, pois nunca tivemos que fazer isso. Nós queremos a melhor coisa no momento certo, quando for a hora certa. Então lançar algo todo ano apenas para te manter novo ou o que for, isso não funciona para gente. E se desaparecermos ou o que acontecer, aconteceu."

Hetfield completou: "Nós precisamos fazer as coisas do jeito que sentimos, e no final, nos sentimos bem. Nos sentimos bem que não tentamos acelerar isto ou aquilo apenas para agradar aos outros. Mas isso também pode cair no 'quanto mais velho você fica, talvez menos você se importe com toda essa merda'."

Apesar do Metallica continuar a fazer música do mesmo jeito que sempre fez, Hetfield admite prestar atenção em como os avanços tecnológicos afetaram o mundo em que vivemos. Disse ele: "As mudanças ao redor de nós ainda me interessam. Ainda me interessa que, 'nossa, esta é a forma que as pessoas estão obtendo suas músicas'."

Ele continuou: "Por mais que a gente fale sobre o panorama da indústria musical não ser o que era, estou animado com o fato de que é diferente. A diferença costumava me assustar muito, e pelas coisas estarem mudando tão rápido, eu comecei a me sentir mais velho, pois não estava conseguindo acompanhar, me encontrei soando como meu avô! 'Essas crianças de hoje', sabe. Mas o que? Minha forma é melhor? Não. É só uma forma diferente. Então eu me adaptei a isso de maneira que ficasse confortável."

Hetfield prosseguiu, dizendo: "Eu não quero ficar preso na forma que costumava ser, mas também há um conforto nisso que eu não posso negar. Eu amo ouvir rock dos anos 70, metal do começo dos anos 80. Isso não significa que eu não goste de música nova. Eu gostaria de ter o mesmo sentimento de música dos dias de hoje que eu tinha antes, mas é quase impossível. Aquilo foi minha adolescência. Então é quando eu digo que a música é o mais importante para qualquer um. As memórias que moldaram minha vida entre os 13 e 28 anos, seja o que consideram adolescência, isso é quando você é mais influenciado pelas coisas e você as absorve. Então, claro, música daquela época me fará sentir bem. Mas é animador ainda estar fazendo o que estamos fazendo, e em um ambiente que é tão diferente. Nós podemos lançar uma música por semana. Nós podemos lançar um álbum inteiro. Nós podemos fazer cinco festivais em cada continente. Há tantas oportunidades e tantas idéias novas para trabalhar."

Hetfield também descartou qualquer chance de aposentadoria em um futuro não distante, explicando: "Olha, músicos nunca se aposentam. Eles só se tornam menos populares. As pessoas acham que você se aposentou, mas não, eu ainda estou compondo. É parte de mim. É o que eu faço neste planeta. É por isso que estou aqui, acredito. E se eu parar isso, parte de mim morre."

Ele continuou: "Não há aposentadoria. Então faremos o que faremos até que não possamos mais fisicamente. Nós sempre fomos uma banda ao vivo, mas neste estágio, com 50 anos, é fisicamente mais difícil de fazer turnê. Nós todos temos filhos, alguns de nós, filhos adolescentes, e queremos fazer coisas de família. Isso não significa que daqui dez anos eles não terão saido de casa, e vamos querer apenas viajar pelo globo. Vai saber."

Fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Hetfield sobre vida, morte e Metallica (07 de dezembro de 2008)
Trujillo fala sobre sua relação com Ulrich (24 de setembro de 2016)
Hetfield: "Eu acredito em uma força superior" (17 de janeiro de 2017)
Ulrich: "90 porcento do próximo disco está escrito" (07 de junho de 2014)
Hetfield: Disco novo está saindo no momento certo (01 de outubro de 2016)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2020 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade