Destaques

Notícias

Ulrich: "Eu definitivamente sou culpado de provocar algumas vezes"

   11 de maio de 2012     tags: entrevista, ulrich      Comentários

Em uma nova entrevista para a Maxim.com, o baterista do Metallica, Lars Ulrich, foi perguntado se há algo no documentário "Some Kind of Monster" de 2004 que ele gostaria que tivesse ficado de fora.

"Eu definitivamente sou culpado de provocar algumas vezes", ele respondeu. "Eu sou dinamarquês, e dinamarqueses algumas vezes gostam de colocar seus dedos nos ombros de outra pessoa e empurra-la um pouco. Eu algumas vezes penso que a comunidade do metal é tão séria e cheia de opinião. De vez em quando precisa de um pouco de provocação, e eu não ligo de ser esse cara. Mais ninguém parece fazer isso. Algumas vezes eu leio, 'Oh, Lars Ulrich, que cuzão', ou, 'Lars Ulrich não consegue tocar bateria'. Eu dou risada de tudo isso. As pessoas se sentam lá e dizem coisas horríveis nos fóruns de discussões. Eu acho realmente engraçado quando alguém se senta lá e diz algo que digitou com seu pau, ou alguém de 12 anos que ainda não sabe como bater punheta mas ainda assim está sentado lá digitando insultos sobre alguém que ele nunca encontrou. A coisa toda é hilária."

A entrevista completa em inglês pode ser lida clicando aqui.

Fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Ulrich: "Reação de Lulu foi mais maldosa do que qualquer um estava preparado" (03 de maio de 2012)
Ulrich: "Nós tivemos nossos dias de nos esconder atrás das paredes" (06 de agosto de 2012)
Ulrich: "Me surpreenderia se o próximo álbum saísse antes de 2015" (29 de abril de 2013)
Ulrich: "Eu não tenho tanto problema com o Dave Mustaine" (28 de agosto de 2008)
Trujillo: "Já estamos ensaiando riffs novos" (30 de janeiro de 2009)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2014 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade