Destaques

Notícias

Hammett comenta sobre quando percebeu ser um rock star

   17 de Setembro de 2008     tags: hammett, entrevista      Comentários

A RollingStone entrevistou recentemente o guitarrista do Metallica, Kirk Hammett. Um trecho da conversa pode ser conferido abaixo.

RollingStone: Houve um momento em que você percebeu que era uma estrela do rock?

Kirk: Foi provavelmente durante a turnê do álbum preto, quando as coisas começaram a ficar realmente loucas. Nós íamos em eventos sociais, e Ozzy vinha até a gente e dizia "Oi" ou nós recebíamos uma mensagem falando "Tony Iommi está aqui. Ele quer dizer olá". Se nossos heróis, as pessoas que nos inspiraram tanto, estão interessadas na gente agora, nós devemos ter cruzado a linha em algum momento. Nós atingimos um nível, entre músicos, de respeito. Foi um sentimento poderoso.

RollingStone.com: Isto te fez perceber que seu amigo estava certo - estrelas do rock também são normais?

Kirk: Chega uma hora que você começa a se sentir confortável com eles, e percebe, sim, eles têm as mesmas mecânicas que qualquer outro ser humano do mundo. Só porque eles tocaram aquele solo de guitarra fantástico em 1978 não os tornam não-humanos. Eu espero continuar com isso com as pessoas quando elas me encontram. Eu sempre me sinto desconfortável quando as pessoas começam a reverenciar. Eu espero um aperto de mão e elas fazem isso. Apenas aperte minha mão! [Risos]

RollingStone.com: Quanto você acha que precisa estar no Metallica - que não há nada mais que você possa ou queira fazer? Durante a criação do "St. Anger", quando ficou claro que as engrenagens não estavam girando, você aceitou o fato que nada dura pra sempre?

Kirk: Honestamente, eu estava pronto para começar a trabalhar em um álbum solo. Eu tinha um monte de música guardada. Eu ia pedir pro Lars tocar bateria nele. Mas pra ir ao ponto real da questão...

RollingStone.com: A necessidade de estar nesta banda.

Kirk: É realmente importante. Eu estou na banda há mais tempo nela do que fora dela. Eu me juntei a banda quando tinha 20 anos de idade. Eu estou na banda há 25 anos agora.

A entrevista completa pode ser, em inglês, clicando aqui.

Fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Hammett: Mustaine toca rápido, eu toco melodicamente (06 de junho de 2008)
Hetfield: "Descobrimos que há liberdade através de estrutura" (17 de setembro de 2008)
Bob Rock sobre o Metallica: "Eu não tenho nada além de ótimas coisas a dizer sobre eles" (16 de julho de 2007)
Ulrich: "Se não nos dermos bem, o resto é irrelevante" (17 de setembro de 2008)
Hetfield sobre disco novo: "Envolver o passado no agora" (15 de maio de 2008)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2020 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade