Destaques

Notícias

Ulrich fala sobre uso de hologramas em shows

   12 de novembro de 2017     tags: entrevista, ulrich      Comentários



Tudo começou quando, em 2012, Snoop Dogg se apresentou no Coachella junto com um holograma de Tupac Shakur, e em seguida o Cirque Du Soleil mostrou uma versão holográfica de Michael Jackson. E recentemente foi anunciada a turnê mundial de um holograma de Ronnie James Dio ao lado de músicos de carne e osso que passaram pela sua banda de apoio.

E Lars Ulrich, baterista do Metallica, falou sobre a possibilidade de um dia a banda usar este recurso durante entrevista para a rádio 92Y de Nova Iorque, realizada no dia 5 de novembro de 2017.

"Por mais idiota que possa parecer, e pode parecer meio bobo eu exagerar, o que é um concerto? O que é música? O que é um espetáculo? Pra mim se trata de algo para conectar as pessoas, e é sobre compartilhar uma experiência juntos. E o que tentamos fazer quando saímos em turnê é romper as barreiras entre a plateia e a banda. É basicamente acabar com qualquer divisão que exista entre o público e o artista. E então eu fiquei pensando 'Quem sabe um dia'. Se o objetivo principal é juntar as pessoas para compartilhar uma experiência, por qual motivo precisam do Lars Ulrich, do James Hetfield, do Kirk Hammett ou do Robert Trujillo ali? Se você tem a música, o equipamento, as luzes, o vídeo, com o tempo vai exister uma versão ali onde os técnicos conseguirão fazer com que a inteligência artificial toque tudo que for preciso".

Depois, ao ser perguntado se gostaria de ser um holograma daqui a cem anos, Lars responde: "Não sei sobre os outros caras, mas pra mim quando acabar, acabou. Se houver um jeito de fazer que seja uma coisa legal e não apenas pra faturar uma grana... pois no fim das contas - e estou sendo sério sobre isto - quanto mais penso nesta coisa de música e Metallica... as pessoas perguntam: 'Como é estar no Metallica?' Mas é tipo, todos fazemos parte do Metallica. O Metallica é algo que existe no ar. Lars Ulrich não é dono do Metallica. James Hetfield não é dono do Metallica. O Metallica não é dono de si mesmo - o Metallica é algo que todos compartilhamos, que todos usamos para nos conectar. Acredito que a necessidade humana básica é se conectar com outras pessoas - nos esforçamos para isto de todo jeito possível. Então se houver uma maneira disto acontecer daqui a cem anos e eu for um holograma, pra mim está tudo bem."

Fonte: Whiplash!


Veja também

Ulrich fala sobre festival Orion Music + More (29 de fevereiro de 2012)
Hetfield fala sobre antiga disputa com o Napster (18 de setembro de 2013)
Hetfield: "Eu acredito em uma força superior" (17 de janeiro de 2017)
Mustaine reafirma história sobre demissão de Ulrich (07 de agosto de 2009)
Ulrich: "90 porcento do próximo disco está escrito" (07 de junho de 2014)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2017 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade