Destaques

Notícias

Hammett sobre horror: "É legal ter um lugar alternativo para se refugiar mentalmente e artisticamente"

   27 de Novembro de 2012     tags: entrevista, hammett, too much horror business      Comentários

Kenny Herzog do The A.V. Club entrevistou recentemente o guitarrista do Metallica, Kirk Hammett, sobre seu livro, "Too Much Horror Business - The Kirk Hammett Collection". Alguns trechos da conversa podem ser conferidos abaixo.

The A.V. Club: Você se ligou em horror depois de se machucar e ver "The Day Of The Triffids" enquanto se recuperava. Você diria que ser um entusiasta de horror coincide com uma personalidade caseira?

Kirk Hammett: Ficar sequestrado e não saber realmente o que fazer com seu tempo e então descobrir, "oh, eu posso assistir um monte de filmes de horror" provavelmente foi um grande fator na descoberta do horror para muitas pessoas. Para mim, um dos momentos mais perfeitos para assistir a um filme de horror é quando está frio e chovendo lá fora e não há praticamente nenhuma atividade externa pra fazer. Meio que prepara o humor.

The A.V. Club: Você vê um paralelo entre amar estes filmes que lentamente se tornaram cult e estar no Metallica, que ganhou reconhecimento da grande mídia bem gradualmente?

Kirk Hammett: Sim, isto meio que acontece com bastante gêneros artísticos. As pessoas as vezes só precisam de tempo para alcançar aquilo que as tentativas artísticas das outras pessoas possam ser. Muitas vezes, não é a coisa mais fácil pedir para uma pessoa digerir algo que ela nunca teve contato antes. Eu acho que filmes de horror não são diferentes nesse aspecto. Isto acontece regularmente. Veja Van Gogh. Ele morreu pobre. Suas pinturas vendem por 100 milhões de dólares, mas na época, ninguém sabia o que esperar. Era tão radicalmente diferente do que qualquer outra pessoa já tinha feito, e eu acho que isto acontece com muitos filmes de horror também, e música. Quando as pessoas são confrontadas com algo que nunca viram antes, elas não sabem realmente como reagir.

The A.V. Club: Devido a quão pública sua vida com o Metallica tem sido, é importante ter esta coleção como um santuário?

Kirk Hammett: Definitivamente. Por anos, eu disse as pessoas que esta é a coisa que eu faço além da música. E é verdade. Eu tenho estado obcecado pela música por muito tempo, e é uma coisa legal de ter como um lugar alternativo para se refugiar mentalmente e artisticamente, que eu possa correr quando eu me sinto esgotado da coisa toda do Metallica. Os frutos da minha coleção são tão bons agora que é por isso que estou lançando este livro. Um dia, eu virei e pensei, "Oh meu Deus, eu tenho que compartilhar isto com as pessoas", porque cresceu em uma coleção monumental de coisas. Seria uma pena para mim não deixar as outras pessoas verem isso.

The A.V. Club: Você já considerou seguir o caminho do Rob Zombie e pular para realmente dirigir filmes de horror?

Kirk Hammett: Eu ainda gosto de pensar que eu tenho muito tempo sobrando para fazer o que eu quero fazer. Agora que eu estou realmente indo além e me estabelecendo como um grande cara do horror. Porque pelo maior tempo, foi bem pessoal e privado, mas minha coleção me forçou a ir além. Então agora estou vendo onde tudo isso me leva. Eu tenho muitas opções na minha frente, e eu tenho um interesse em filme. Nós veremos onde isso vai. Eu não descartaria nenhuma opção. Durante os anos, eu juntei muitas idéias diferentes, então nós veremos quais eu escolho para agir.

A entrevista completa, em inglês, pode ser lida clicando aqui.

Fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Hammett: "Filme de horror são simplesmente divertidos" (17 de outubro de 2012)
Hammett: "Ulrich provavelmente seria um bom vampiro" (21 de dezembro de 2012)
Hammett: "Curto horror desde que eu tinha cinco anos" (14 de setembro de 2012)
Hammett na Comic-Con de San Diego (11 de julho de 2012)
Hammett em sessão de autógrafos em convenção de horror (16 de novembro de 2012)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2019 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade