Destaques

Notícias

Guitarrista do Testament defende apresentação do Metallica com Lady Gaga

   14 de fevereiro de 2017     tags: testament, lady gaga, grammy awards      Comentários



Em um post em sua página do Facebook, o guitarrista do Testament, Alex Skolnick, defendeu a apresentação que o Metallica fez junto de Lady Gaga no último domingo, 12 de Fevereiro, durante a cerimônia do Grammy Awards. Confira abaixo.

Foi uma ótima idéia em teoria. Seria/deveria ser um marco na história por anos. Infelizmente foi ofuscado pelos problemas no microfone (não posso culpar ninguém tocando) e a falha na introdução (por favor, garanta que todos os apresentadores deem uma passada rápida antes de continuarem. Eu fiz isso quando introduzi o The Dillinger Escape Plan no Golden Gods. Não aprendemos com o John Travolta e Adele Dazeem??).

Vi alguns comentários acusando a Lady G de 'deixar o James de lado' e falando que 'ela não ajudou', enquanto outro afirmam que ela 'veio para ajudá-lo' e 'salvou o dia'. Ambos estão errados: Ela (e os caras) todos estão usando monitores nos ouvidos que - como qualquer um com experiência em usá-los pode te falar - fornecem uma mixagem personalizada separada da platéia. Você não ouve mais nada. A primeira coisa que você supõe se não ouvir um vocal ou outra parte que deveria estar lá é que é apenas um problema com os monitores relacionados a sua mixagem individual, o que acontece algumas vezes (quem imaginaria - no calor do momento - que o microfone de Hetfield não estaria ligado? No Grammy?!).

Em outras palavras, ela não tinha idéia e apenas fez sua coisa. Então, em suma, para todos que criticaram, eu acho que vocês precisam ver o seguinte:

A) Que outra estrela do pop mainstream ousaria subir lá com o Metallica (ou qualquer outra banda de metal)?

B) Quem mais conseguiria tocar com Tony Bennett uma hora e o Metallica no momento seguinte, com o mesmo amor e apreciação pelos dois?

C) Claro, talvez tenha sido um pouco exagerado para aqueles mais interessados no Metallica do que nela. Mas de novo, ela é a Gaga (e exagero é o nome do meio dela, ou pelo menos deveria ser).

D) Sim, ela faz uma apresentação bem teatral, mas ela também é alguém que consegue arrebentar apenas com sua voz e piano (que eu espero que ela faça mais um dia).

E) Dado o interesse dela e de Lars [Ulrich] em arte e fazer música inesperada, faz sentido absoluto de que eles colaborassem.

F) Por fim, ela soou bem e no tom, se você ignorar a imagem e apenas ouvir? Com certeza! Ótima escolha de música também.

A única coisa que eu mudaria (além dos contratempos, que foram acidentais) é isto: por que estava rolando uma aula de Zumba lá em cima? De quem foi essa idéia? Coloquem fãs de verdade curtindo para esse efeito (como o Metallica faz em alguns shows), mas um monte de dançarinos pops óbvios em vestimentas de metal deu um ar bem 'Hot Topic'. Além disso, está tudo aprovado aqui e eu realmente espero que eles façam alguns ajustes, talvez acrescentem uma ou duas músicas e tentem de novo!


Fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Ulrich comenta sobre falha no microfone no Grammy Awards (15 de fevereiro de 2017)
Hammett: "Se sairmos muito de nosso som padrão, nossos fãs ficam impacientes" (25 de setembro de 2008)
Microfone desligado na apresentação do Grammy foi culpa de assistente de palco (13 de fevereiro de 2017)
Ulrich: Lady Gaga é o quinto membro perfeito e quintessencial para esta banda (14 de fevereiro de 2017)
Alex Skolnick explica suas críticas ao "St. Anger" (16 de abril de 2008)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2017 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade