Destaques

Notícias

Preview do Guitar Hero: Metallica

   22 de janeiro de 2009     tags: guitar hero      Comentários

Chris Steffen da RollingStone.com teve a oportunidade de jogar um pouco o novo Guitar Hero: Metallica, planejado para sair no final de Março nos Estados Unidos, e publicou uma matéria com diversos detalhes novos do jogo. Alguns trechos podem ser conferidos abaixo.

"Tudo sobre o jogo, das animações do menu baseadas na arte de Pushead, artista que colabora há vários anos com o Metallica, aos lugares e palcos de todas as fases da carreira da banda, aos efeitos de luzes característicos e corais do público serão familiares aos fãs. A captura de movimentos usada para animar a banda é impressionantemente viva, assim como todos os movimentos característicos: o Hetfield contemplativo durante a abertura de 'The Unforgiven', as exaltações de Ulrich atrás de seu kit de bateria a ser vista em todas as músicas, e o andar de caranguejo do baixista Rob Trujillo e rodopiadas."

"Os membros todos inicialmente aparecem em suas versões modernas, mas há versões a serem destravadas que revivem seus primeiros anos. Embora nenhum membro antigo esteja no jogo (lá se vão as fantasias de reviver Cliff Burton - a banda teve medo que sua inclusão pudesse parecer como uma desconsideração com Trujillo), alguns do heróis do Metallica fazem aparições."

"A jogabilidade se mantém fiel as outras incarnações da franquia, permitindo que jogadores cantem, toquem guitarra, baixo e bateria, com a maior adição sendo o novo nível de dificuldade, entitulada 'expert-plus', que requer um pedal de bateria adicional para o pedal-duplo em algumas das músicas mais thrashs da banda. Quando o desenvolvedor chefe do jogo falha em 24 porcento de um música e chama outra de 'totalmente impossível', é seguro dizer que este é o jogo que mais exige ritmo que já foi feito."

"No entanto, um dos pontos negativos é que embora Hetfield e Kirk Hammett sejam uns dos duetos de guitarra mais celebrados do rock pesado - e o jogo se chama Guitar Hero - não há a opção de escolher entre a guitarra solo e a guitarra base, limitando os jogadores a apenas um guitarrista por banda, e não permitindo nenhuma troca de riffs entre Hetfield e Hammett. Se os fãs em casa conseguem transcrever tablaturas para colocarem online de graça, por que uma franquia de grande sucesso tentando criar a 'maior experiência Metallica" não consegue?"

A matéria completa, em inglês, pode ser lida clicando aqui.

Fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Billboard comenta sobre Guitar Hero: Metallica (04 de fevereiro de 2009)
Metallica confirma Guitar Hero: Metallica (15 de dezembro de 2008)
Guitar Hero: Metallica com um pedal a mais de bateria (20 de janeiro de 2009)
Detalhes do Guitar Hero: Metallica (13 de dezembro de 2008)
Entrevista de Hammett para a T3 (12 de março de 2009)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2019 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade