Destaques

Notícias

Ulrich: "O melhor disco do Metallica ainda est por vir"

   30 de Dezembro de 2020     tags: ulrich, entrevista      Comentários



Na ltima edio da revista Classic Rock, o baterista do Metallica, Lars Ulrich, prometeu que o sucessor do "Hardwired... To Self-Destruct" de 2016 ser o melhor lbum que a banda j fez.

" a coisa mais pesada, mais legal", disse Ulrich. "Mas brincadeiras a parte, se no fosse porque a gente acha que nosso melhor disco ainda est por vir, ento por que continuar?".

"No Metallica, ns amamos o processo criativo, e pra mim difcil imaginar que vamos parar de fazer discos."

Ms passado, Ulrich disse em uma entrevista a Rolling Stone que o Metallica estava h quase um ms em sesses "srias de composio" do prximo lbum de estdio. Algumas semanas antes, Lars disse a Kara Swisher no CNBC Evolve Summit que os membros do Metallica tem trabalhado em msicas novas "nas ltimas seis a oito semanas, virtualmente", mas admitiu que tem encontrado dificuldades tcnicas que atrasam o processo.

"Estar em uma banda de rock e trabalhar virtualmente no muito fcil", disse Lars. "Atrasos de udio, todas essas coisas tornam isso bem difcil. A coisa principal que sentimos falta conseguir ouvir uns aos outros. [Risos] Ento se ns quatro estamos em uma sala juntos, podemos nos conectar uns com os outros e podemos ouvir uns aos outros. Se estou tocando aqui em So Francisco, e Kirk [Hammett] e James [Hetfield], nossos dois guitarristas, esto em O'ahu ou Colorado, tem atrasos significativos no udio. bem difcil tocarmos ao mesmo tempo. Se eu estou fazendo o que chamo de guiar, que significa que estou tocando uma batida e eles esto tocando comigo, eu no consigo ouvir o que eles esto tocando e vice-versa. Ns no conseguimos ouvir uns aos outros de maneira geral. Ento temos algumas complicaes significativas. Nosso time de gravao e de produo esto falando com empresas de software ao redor do mundo sobre como resolver isso. Ningum ainda descobriu."

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Metallica entrevistado pelo Fantstico

   07 de Setembro de 2020     tags: entrevista, trujillo, hammett      Comentários



O guitarrista Kirk Hammett e o baixista Robert Trujillo concederam uma entrevista ao programa "Fantstico", da TV Globo. A matria foi exibida na edio deste domingo (6).

Com aproximadamente 4 minutos e meio de durao, a reportagem fala sobre as novidades doMetallica, como o novo trabalho ao vivo da banda, "S&M2", gravado com a Orquestra de San Francisco; a relao entre os msicos durante a pandemia e a gradual volta s atividades.

Robert Trujillo comentou que os msicos doMetallicamantiveram contato regular desde o incio da pandemia. "Uma vez por semana, ns fazemos uma chamada de vdeo, s para entrar em contato, ver como est cada um, a famlia", afirmou.

Kirk Hammett, por sua vez, contou que a volta s atividades doMetallica, com ensaios e at uma apresentao gravada para exibio em drive-ins nos Estados Unidos, foi realizada com todo o cuidado. "Ns criamos uma bolha - a banda, a equipe, nossas famlias. No podemos sair de casa e ter contato com mais ningum", disse.

OMetallica, vale destacar, est com quatro shows marcados no Brasil para dezembro de 2020 - inicialmente, aconteceriam em abril, mas foram adiados devido pandemia. O jornalista Jos Norberto Flesch afirma que a turn ser remarcada para o fim de 2021 ou ainda mais adiante, mas Hammett e Trujillo no comentaram sobre quando as apresentaes iro acontecer no pas.

"Brasileiros, cuidem-se, respeitem o distanciamento. Ns vamos passar por isso e oMetallicalogo vai estar no Brasil tocando pra vocs", declarou Trujillo.

A entrevista do Metallica ao "Fantstico" pode ser assistida, na ntegra, no site "G1".

Fonte: Whiplash!

    Top

Trujillo: Estamos empolgados por cultivar novas ideias

   02 de Julho de 2020     tags: entrevista, trujillo      Comentários



O baixista do Metallica, Robert Trujillo, falouem entrevista ao podcast The Vinyl Guide sobre o novo lbum da banda, que est sendo composto durante o perodo de quarentena. O trabalho suceder "Hardwired... To Self-Destruct", lanado em 2016. As declaraes foram transcritas pelo Blabbermouth.

Trujillo comentou que os msicos doMetallicase comunicam semanalmente desde o incio da pandemia e que, em determinado momento, comearam a trabalhar em novas ideias em seus estdios caseiros. "Estamos empolgados por cultivar novas ideias. Todos esto com uma boa cabea e esse o nosso foco agora. Vamos nos divertir com isso", disse ele, que revelou, ainda, que no houve nenhuma conversa relacionada a voltar s turns.

O msico destacou que oMetallicaretornar, sim, Austrlia e Amrica do Sul, incluindo Brasil, onde a banda se apresentaria neste primeiro semestre, mas teve que adiar devido pandemia. "Austrlia um dos meus lugares favoritos para tocar, assim como Amrica do Sul, ento eu sei que vamos voltar. No estou to preocupado com isso, sei que vamos tocar l. Precisamos superar essa quarentena. Nesse perodo, estamos criando e acho isso legal, pois s vezes difcil juntar quatro caras que moram em lugares diferentes em um estdio. Vimos que no preciso estar no mesmo lugar", afirmou.

A ideia utilizar esse perodo da quarentena para compor e s gravar quando realmente for possvel juntar os integrantes. No h planos relacionados a ter uma data para lanar esse material. "S comeamos a cultivar o terreno e ficamos empolgados. legal poder focar nisso, pois algo novo para ns", disse.

No ltimo ms de junho, o bateristaLars Ulrichtambm falou sobre a possibilidade de criar um novo lbum em entrevista a Fredrik Skavlan transcrita pelo Blabbermouth. "Nos conectamos novamente nas ltimas 4 semanas. Claro, estvamos nos conectando antes, mas agora nos ligamos criativamente e estamos em um modo de 'descoberta', acho que uma boa forma de dizer isso. Estamos trocando ideias por e-mail e pelo Zoom, tentando fazer msica nessa situao pouco usual", afirmou, na ocasio.

Conforme anunciado anteriormente, oMetallicaadiou sua turn pela Amrica do Sul, com quatro shows no Brasil, para dezembro deste ano. At o momento, as novas datas seguem confirmadas para os dias 14, 16, 18 e 20 de dezembro, respectivamente nas cidades de Porto Alegre, Curitiba, So Paulo e Belo Horizonte.

Fonte: Whiplash!

    Top

Ulrich: Estamos trocando idias de msicas por e-mail

   17 de Junho de 2020     tags: entrevista, ulrich, vdeos      Comentários

No final de Maio, Lars Ulrich falou com o apresentador de um talk show sueco, Fredrik Skavlan, sobre a possibilidade do Metallica fazer um novo lbum durante a quarentena. O baterista disse: "Ns estamos apenas comeando, nas ltimas quatro semanas talvez, a nos conectarmos novamente. Ns estvamos nos conectando obviamente [antes disso], mas agora estamos fazendo isso criativamente, e estamos meio que em modo de descobrimento, eu acho que uma boa forma de falar. Estamos enviando idias uns para os outros via e-mail e via Zoom e tentando fazer msica nessas situaes no usuais."

"Ns temos uma reunio via Zoom semanal", revelou Lars. "Ns temos feito isso basicamente desde que a pandemia comeou, 10 ou 11 semanas atrs - desde que isso comeou nos EUA. Ento nos juntamos uma vez por semana no Zoom por algumas horas para nos atualizarmos. A coisa boa disso que a gente apenas conversa sobre o que temos feito e no falamos sobre o Metallica por horas e horas. Mas agora que comeamos a trocar algumas idias, isso timo. bom estar em contato, bom ser parte de novo desse grupo, e eu estou ansioso para as oportunidades criativas que esto pela frente."

Perguntado sobre as diferenas de fazer um lbum "normal" do Metallica e um lbum na quarentena, Ulrich disse: "At agora, pelo menos o lado snico disso e os elementos prticos esto surpreendentemente em boa forma, na verdade. Ento ns precisamos apenas descobrir o quanto podemos criar sem estar no mesmo espao. A diferena, obviamente, entre bandas como ns e pessoas que ainda esto bandas, como os U2s do mundo ou o Red Hot Chili Peppers ou Coldplay ou Iron Maiden ou o que for que ainda sejam realmente bandas, que voc conta com o formato do grupo para realmente progredir. Ento diferente quando voc um artista solo e apenas voc e sua guitarra. Ento uma grande diferena."


Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Ulrich: Banda est mais conectada do que nunca

   28 de Agosto de 2019     tags: entrevista, ulrich      Comentários



Recentemente, o bateristaLars Ulrich falou com o jornal San Francisco Chronicle sobre o sucesso e a longevidade da banda, em atividade desde o incio dos anos 1980 e que acabou de terminar sua mais recente tour pela europa.

"Esta pode ser a melhor turn que j fizemos na Europa", disse Lars. "No foi por causa dos nmeros, mesmo que estes sejam meio loucos. A razo pela qual essa a melhor turn porque nos sentimos mais conectados internamente do que antes. Estamos nos conectando mais com o pblico, com os fs e as pessoas que esto l para compartilhar a experincia..."

Ulrich tambm falou sobre o fato de que no muitas bandas que comearam h quase quatro dcadas podem tocar para quase 80.000 pessoas por noite em alguns pases.

" definitivamente louco", disse ele. "Conforme voc fica mais velho e mais consciente da sua prpria mortalidade e problemas, e assim por diante, todos os dias eu me levanto e tento realmente abrir meus olhos para isso e seguir adiante. Obviamente, esta no a primeira vez que estamos tocando em estdios na Europa, mas no me lembro da ltima vez que tocamos em estdios na Europa, sentados l, "Puta merda! Olhe para todas aquelas pessoas!"

A banda volta aos palcos no ms de setembro, para dois shows com a Orquestra Sinfnica de So Francisco e depois parte para uma mini tour na Oceania.

Fonte: Whiplash!

    Top

Hetfield compara ..And Justice For All ao quadro da Mona Lisa

   12 de Agosto de 2019     tags: entrevista, hetfield, and justice for all      Comentários



Durante uma entrevista com a So What!, James Hetfield defendeu a sonoridade do clssico disco do Metallica, ... And Justice For All, de 1988, comparando-o ao quadro Mona Lisa, de Leonardo da Vinci.

O lbum rodeado por algumas controvrsias em relao ao som do baixo, comandado por Jason Newsted, que acabou sendo ofuscado na mixagem. O prprio baixista ficou insatisfeito com o resultado e com os colegas de banda.

No lembro da minha resposta na poca, mas no foi nada tipo 'Foda-se, vamos abaixar o seu som'. Queramos a melhor sonoridade possvel, disse Hetfield. No tinha nada a ver com humilhar ou nos vingarmos de Jason, certamente.

Um dos engenheiros de som do disco, Steve Thompson, havia culpado Lars Ulrich por querer que a sua bateria soasse de um jeito que soterrava o baixo.

No entanto, o vocalista do Metallica o defendeu: "Meio que sabamos como queramos soar, mas podemos sentar na mesa de som e fazer acontecer? No, pedimos para algum fazer isto. Ento Thompson fez o trabalho dele. Mas ele no tem que pedir desculpas por nada ou apontar um culpado. Isso uma obra de arte, saiu desse jeito por um motivo qualquer, afirmou. Ele no tem que se defender, fez parte de um lbum fantstico da nossa carreira. Ele deveria ficar um pouco mais de boa consigo.

Sobre a possibilidade do ... And Justice For All ser remixado para aumentar o som de Newsted, Hetfield disse que no importa mais. E por qual motivo mudaramos? Voc mudaria a histria? Por qual motivo remixar se j tem um som de baixo ali. Tudo bem remasterizar, mas remixar e tornar em algo diferente? como se... no nos comparando com a Mona Lisa, mas tipo 'Uh, voc pode fazer ela sorrir um pouco mais?, concluiu.

Fonte: Rolling Stone

    Top

Hammett j pensa em novo disco

   16 de Abril de 2019     tags: entrevista, hammett      Comentários



Lanado em 2016, Hardwired To Self-Destruct, ltimo lbum de inditas do Metallica, pode ter um sucessor bem antes do tempo imaginado.

Em entrevista concedida a revista Mixdown, o guitarrista Kirk Hammett falou sobre a possibilidade de um novo lbum.

"Quando eu tinha 13 ou 14 anos, as bandas lanavam lbuns todo ano. Srio, o Kiss lanou um lbum a cada oito meses, no foram oito anos entre os lbuns. Estamos no nosso terceiro ano desde Hardwired To Self-Destruct. Talvez possamos nos concentrar um pouco mais e entrar no estdio um pouco mais cedo. Eu tenho uma tonelada de material. Eu compensei demais, ento estou pronto para ir [ao estdio] a qualquer momento."

Fonte: Whiplash!

    Top

Trujillo: Novo lbum sair em prazo menor que os dois ltimos

   14 de Maro de 2019     tags: entrevista, trujillo      Comentários



O baixista Robert Trujillo disse, em entrevista ao podcast The Music, que o Metallica planeja gravar um novo lbum. E o lanamento no deve demorar muito: ele prometeu que o disco sair em um prazo menor que os dois anteriores, "Death Magnetic" (2008) e "Hardwired... To Self-Destruct" (2016).

O perodo que o Metallica precisou para lanar "Death Magnetic" foi de cinco anos, j que "St. Anger", saiu em 2003. J "Hardwired... To Self-Destruct" demorou oito anos em comparao ao seu antecessor, de 2008. Caso a previso de Robert Trujillo esteja correta, o novo lbum da banda chegar a pblico at 2020.

"Estou empolgado com o prximo lbum porque creio que ser o ponto culminante dos dois discos (anteriores) e outra jornada. No faltam ideias originais e essa a beleza de estar nessa banda. Dessa vez, acho que podemos ir muito mais rpido ao estdio para trabalhar. Prometemos fazer isso o quanto antes", afirmou.

Enquanto no concretiza seus planos a respeito de um novo lbum, o Metallica segue com a turn "WorldWired", que promove "Hardwired... To Self-Destruct". O giro comeou em fevereiro de 2016 e tem datas marcadas at 31 de outubro deste ano, completando, at o momento, 165 shows feitos e a serem realizados.

Fonte: Whiplash!

    Top

Ulrich: 2018 foi o ano do Arctic Monkeys

   27 de Dezembro de 2018     tags: entrevista, ulrich, arctic monkeys      Comentários



Em uma nova entrevista para a revista Maxim, o baterista do Metallica Lars Ulrich foi perguntado se ele tem ouvido alguma msica nova que realmente o inspira. Ele respondeu: "Quando estou malhando ou dirigindo do ponto A ao ponto B, eu ouo mais Arctic Monkeys do que qualquer outra coisa. O novo lbum deles que saiu em Maio simplesmente um disco incrvel. Ele faz voc querer voltar e revisitar o catlogo todo deles, pois cada disco to diferente. Voc volta e revisita as coisas dos discos anteriores e se apaixona por eles por motivos diferentes do que h cinco anos ou oito anos. Eu diria, quando penso em 2018, que o principal pilar musical definitivamente foi o Arctic Monkeys para mim. Mas ultimamente eu tenho passado muito do meu tempo livre vendo files."

Esta no a primeira vez que Ulrich elogiou o Arctic Monkeys. Em 2012, quando a banda tocou no festival Orion Music + More em New Jersey, Lars disse que o lado mais pesado do Arctic Monkeys fazia com que eles fossem a banda de abertura perfeita para o primeiro festival do Metallica. "Para mim, ter o Arctic Monkeys algo grande", disse ele. "Eu acho que eles so uma banda de heavy metal disfarados de uma banda indie... Se voc ouvir uma msica como 'Perhaps Vampires Is a Bit Strong But..." h quase um elemento de Rush nele."

Trs anos atrs, Ulrich nomeou a "R U Mine?" do Arctic Monkeys como sendo a msica que ele no consegue tirar da cabea. "Eu devo ter ouvido isto talvez nove milhes de vezes desde que saiu, pois meus filhos adoram", disse ele. "Meus filhos comearam a ouvir rock bem cedo. O mais velho comeou primeiro, ento os outros dois e eles discutem entre eles, tipo, 'Arrume sua prpria banda!'. Eu fico, tipo, 'Ei, filhos da puta! Eu introduzi todas elas pra voc, ento parem com isso'."

Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top

Hetfield: A msica salvou minha vida

   01 de Dezembro de 2018     tags: entrevista, ultich, hetfield, trujillo      Comentários

Antes do show do Metallica em 28 de Novembro em Boise, Idaho, os quatro membros da banda foram entrevistados por Big J da 100.3 FM The X. Em Maio, os msicos prometeram dar uma entrevista pessoalmente para o Big J, caso ele perdesse pelo menos 100 libras (cerca de 45 quilos) at o show de Boise. Big J, cujo nome real Jeremi Schlader, pesava cerca de 192 quilos e narrou sua luta contra a balana nas redes sociais.

Perguntados sobre como se sentem quando um f vem at eles e diz que a msica do Metallica salvou sua vida, o frontman James Hetfield disse: "Eu sei o que eles querem dizer, pois ela tambm salvou a minha vida. Ento, sim, junte-se ao clube. [Risos] Mas essa a conexo definitiva, de verdade - algo que eu senti; um pouco de medo, um pouco de ansiedade, um pouco de... Seja l o que for. Minha viso de mundo, eu acho, totalmente bagunada, defeituosa, e ento quando algum vem at voc e diz que 'Ei, aquilo que voc escreveu ou que voc criou me ajudou', h uma conexo maior... como se voc no falasse nenhuma palavra; voc apenas sentiu o que aquela pessoa est sentindo - mesmo que seja um sentimento diferente. vago o suficiente para que elas se envolvam e digam... E todo mundo ama quando algum est contando a sua histria. Algum est dizendo, 'Aquele cara est cantando para mim' ou 'Aquela msica sobre mim'."

O baixista Robert Trujillo completou: "Eu acho que com msica - Eu a chamo de canal definitivo, ento ela a conexo - e com a msica e a magia da msica, voc est fazendo as pessoas felizes. Eu costumava correr nas montanhas, treinando ouvindo Metallica na poca do 'Ride the Lightning', ento sempre h um lugar para isso, e quase sempre positivo para a maioria das pessoas. Eu imagino que te ajudou em sua jornada - nossa msica - e que ela continuar a fazer isso. Msica como magia na minha cabea - realmente especial. E voc est comprometido com a msica por conta do que voc faz e do seu trabalho e da sua vida."

O baterista Lars Ulrich opinou: "Eu acho, para mim, que a coisa chave ... Atualmente... As pessoas costumavam dizer que antigamente, ns, ou eu, ou a maioria de ns, no diminuamos o ritmo o suficiente para absorver, ou permitir que a absorvessemos isso. E eu acho que o principal atualmente , 35 anos nessa jornada louca, ouvir e permitir que a gente a absorva, a internalize, e meio que sentir orgulho disso e sentir essa conexo que o James est falando, realmente legal."

Ulrich continuou: "Eu no gostaria de volta atrs e dizer, 'Eu gostaria que tivesse feito isso diferente 20 anos atrs', mas algumas vezes eu apenas gostaria que pelo menos eu tivesse diminuido o ritmo o suficiente para absorver muito disso. Mas ns sempre estvamos na correria para fazer a prxima coisa ou o que fosse. Ento ouvir isso agora... Ns fazemos muitos meet-and-greets e muitas interaes com os fs em muitos nveis diferentes, e esse momento, essa conexo - o que for. Todo mundo tem uma verso diferente disso, mas sempre precioso e um destaque de verdade do dia quando a gente vem e faz os shows."


Fonte (em ingls): Blabbermouth.net

    Top


  Prximas >>>

Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2021 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade