Destaques

Notícias

Ulrich: "Eu não sou um baterista talentoso"

   09 de Setembro de 2008     tags: ulrich, entrevista      Comentários

A MusicRadar postou um trecho de uma entrevista com o baterista do Metallica, Lars Ulrich, realizada pela revista Rhythm. Confira abaixo.

Rhythm: O Rick Rubin [produtor do "Death Magnetic"] o forçou a tocar bateria melhor?

Lars: "Ele me forçou a ouvir aos outros caras. Nós temos esta tendência de 'você começa com as baterias, e então você adiciona isto, e isto...' como se tivesse construindo uma casa, com as baterias sendo a fundação e o resto vindo posteriormente. Mas ele não queria isso - ele queria que nós todos tocássemos juntos e interagissemos uns com os outros. Sua coisa toda era: 'Nós não vamos entrar em estúdio até que as músicas estejam escritas. Nós não vamos gravar até que vocês possam tocar estas músicas com suas mãos amarradas nas costas e de ponta-cabeça, enquanto estiverem dormindo...' Então o estúdio não é mais um lugar de criatividade, é um lugar de execução. Ele me fez tocar melhor porque ele nos fez ensaiar mais."

Rhythm: Você recebeu várias críticas durante os anos por pessoas que o acusam de ser um baterista ruim. Isto te incomoda?

Lars: "Costumava incomodar, há tempos atrás - e eu passava muito do meu tempo tentando compensar isso nos discos mais antigos. Mas então um dia você acorda e fica meio indiferente a isso. Isto não tem me incomodado há cerca de 15 anos. Eu não sou um Joey Jordison, eu não sou um Mike Portnoy, e eu não tenho nada além de amor e respeito e admiração por todos esses caras. Quando eu ouço alguns jovens, eles me deixam pasmos com o que conseguem fazer com seus pés e essas coisas - mas não é algo que me faz pensar, 'eu preciso me sentir melhor comigo mesmo então eu preciso aprender como fazer o que eles fazem com meus pés'. Eu não sou um baterista particularmente talentoso mas eu sou muito, muito, muito bom em entender o papel da bateria junto da guitarra base de James Hetfield. Eu te garanto que eu sou o melhor cara do mundo nisso, e isso é o suficiente para mim!"

Confira a edição de Outubro de 2008 da revista Rhythm, a venda a partir de 30 de Setembro no exterior, para ler mais sobre o setup de bateria de Ulrich, o que ele pensa sobre os baixistas Cliff Burton, Jason Newsted e Rob Trujillo, dentre outras coisas.

Fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Hetfield comenta sobre composição de letras (19 de dezembro de 2008)
Lombardo se oferece para ensinar Lars a tocar (22 de novembro de 2009)
Ulrich: "Eu era o maior fã do Iron Maiden" (22 de novembro de 2011)
Trujillo fala sobre Death Magnetic e ser pai (31 de janeiro de 2009)
Bob Rock sobre o Metallica: "Eu não tenho nada além de ótimas coisas a dizer sobre eles" (16 de julho de 2007)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2024 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade