Destaques

Notícias

Criador da capa do Hardwired diz que similaridades com capa do Crowbar são coincidências

   14 de Dezembro de 2016     tags: crowbar, hardwired to self destruct      Comentários



Dimitri Scheblanov da Herring & Herring, um dos diretores criativos e fotógrafos do álbum "Hardwired... To Self-Destruct", negou ter sido influenciado pela capa do disco "Odd Fellows Rest" do Crowbar ao fazer o design do disco do Metallica.

Embora ambas as capas tenham quatro membros da banda com suas imagens sobrepostas em uma face estilo hidra, com uma pessoa na esquerda com a língua de fora, Scheblanov disse que as similaridades "definitivamente não foram intencionais". Ele disse a revista Decibel: "Eu acho que embora o visual possa ser meio similar, eu acho que a intenção por trás disso provavelmente foi bem diferente para gente e também para a Turner Duckworth, a agência de design [que trabalhou na capa]. Eu acho que gosto da capa do Crowbar [risos]; não há nada de errado nela ou algo assim. Mas, sim, foi bem chocante que havia uma coisa tão parecida. Mas eu nunca tinha ouvido falar da banda ou sua música, então também foi interessante que ela era outra banda de metal."

Ele continuou: "Eu vou te dizer a graça disso: na terça-feira a capa do disco saiu,então eu acho que na sexta-feira ou sábado fomos até Minneapolis para ver o Metallica tocar, pois eles estavam projetando as fotos no telão [do show]. Então depois quando estávamos na confraternização pós-show com a banda, estávamos falando com os empresários e com alguns dos caras da banda, e falando sobre todos os comentários diferentes que recebemos desde que a arte do álbum saiu. Alguém falou da coisa do Crowbar. A parte engraçada foi que todo mundo estava, 'quem diabos é Crowbar?'. Isso fez parecer um pouco melhor, pois estávamos meio que em choque, mas por outras pessoas de dentro da comunidade não saber realmente quem eles eram, nós achamos que não era grande coisa, que não era uma coisa muito conhecida onde a maioria das pessoas pensaria que foi algum tipo de plágio. Então de primeira estávamos realmente em choque, mas ao ouvir que eles eram meio que uma banda menor, nós definitivamente nos sentimos melhores sobre isso, já que seria muito ruim se as pessoas achassem que estávamos tentando roubar alguém."

Perguntado sobre quais eram as chances de ambas as capas contar com o rosto da esquerda com a língua de fora, Scheblanov disse: "Essa é a coisa; é bem louco. Quando começamos a trabalhar no projeto e estávamos fazendo estas capas em Agosto, havia na verdade cerca de nove combinações diferentes, há a capa do vinil e a capa do vinil deluxe, há um monte delas. Originalmente, haviam nove, e a banda apenas escolheu uma dessas nove para ser a capa de fato, e foi essa. É estranho. É definitivamente tipo, uau. Mas é uma daquelas coisas que é uma estranha coincidência, ou eu eu não sei como chamar isso. Eu não sei como exatamente acabou nisso, tipo... Sim, eu acho que a coisa da língua é bem interessante. Mas nós demos 400 imagens no final para a Turner Duckworth e eles provavelmente viram as silhuetas mais interessantes.

Fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Hetfield: Não quero esperar tanto tempo para o próximo disco (23 de novembro de 2016)
Ulrich e Hammett falam sobre 30 anos de Ride the Lightning (28 de julho de 2014)
Encontro do Metallica e Jason (28 de abril de 2004)
Ulrich explica sua falta de interesse em mostrar técnica (28 de dezembro de 2016)
Death Magnetic indicado para Grammy de Melhor Embalagem de Disco (09 de dezembro de 2008)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2022 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade