Destaques

Notícias

Encontro do Metallica e Jason

   27 de Abril de 2004     tags: skom      Comentários

Os produtores do documentário Some Kind of Monster, Joe Berlinger e Bruce Sinofsky, falaram recentemente ao U-Wire.com sobre o projeto, que deve ser lançado no verão americano. Seguem alguns trechos interessantes da entrevista:

U-Wire: Vocês tentaram fazer com que a banda conversasse com Jason Newsted? Durante o filme, Lars conversa com Dave Mustaine. Houveram tentativas de fazer o mesmo com Jason e a banda ou isso nunca aconteceria?

Berlinger: "Havia muita intriga e haviam momentos que eles estavam próximos disso... E quando você diz 'conversar', nós observamos o Mustaine e o Lars, mas não fomos nós que iniciamos isso [era uma parte do processo de terapia com Phil Towle]. Mas o encontro Jason/Metallica foi sugerido várias vezes e por diferentes razões não aconteceu e eu não acho que o Jason estava preparado para isso... Jason se separou e eu não acho que ele estava preparado para falar com eles."

Sinofsky: "Parece que eles estavam sempre próximos disso e algo aparecia de ambas as partes, tanto real quando inventado. Eu sei que certa vez eles deveriam se encontrar na quinta com ele e então eles anunciaram a Summer Sanitarium Tour e então tinham que ir a Los Angeles. E então quando perguntaram se poderiam se encontrar na sexta, ele tinha outros planos e eu acho que desde então, eles não tentaram mais se sentar e conversar sobre os problemas que poderiam ser resolvidos, o que é uma pena. Não deveriam demorar 20 anos."

Berlinger: "Uma coisa interessante aconteceu com nós, que tentávamos evitar pois nos deixava em uma posição pouco confortável. Nós nos tornamos uma espécie de canal de informação. Sempre que filmávamos o Jason, a banda queria saber o que ele falou. E dado que eram eles quem pagavam as contas, nós achávamos que não poderíamos dizer 'não podemos falar'. Mas tínhamos que ser cuidadosos sobre o que falávamos para que não piorássemos a situação. E o Jason queria saber o que a banda estava pensando e então nós meio que, por um breve período, nos tornamos os informantes e estávamos literalmente acabando com o encontro deles."

Sinofsky: "De certa forma, quase estávamos."

Berlinger: "Nós meio que estávamos porque éramos o canal de informação e então meio que deixando que cada lado soubesse sobre os sentimentos do outro sobre terem um encontro e meio que ficamos em uma posição pouco confortável."

Sinofsky: "Mas nós, como produtores, estávamos tentando realizar o encontro, nós o queríamos. Nós pensamos que seria uma ótima parte do filme. Obviamente, não tínhamos controle sobre os momentos, então o máximo que podíamos fazer era dizer, 'Provavelmente seria uma boa idéia pra vocês se tirassem isso de letra.' Quando eles perguntavam a Joe e eu sobre o que ele falou quando ele nos via, dizíamos 'Bem, porque vocês não o perguntam diretamente? Se juntem.' Mas, infelizmente, isso ainda não aconteceu.

Berlinger: "Aliás, nós convidamos o Jason para a premiere em Sundance, torcendo para que ele fosse e visse toda a experiência do filme e que visse que a banda evoluiu e mudou e que talvez houvesse um lugar para ele na família Metallica, mas não recebemos retorno dele, então ficamos meio desapontados."

Entrevista na íntegra, em inglês: U-Wire.com
fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Phil Towle: "Jason teve a coragem de se levantar frente ao Metallica" (30 de julho de 2004)
Dave Mustaine diz que foi apunhalado pelas costas (20 de julho de 2004)
James Hetfield: "Jason era um dos egos da banda" (09 de julho de 2004)
Kirk Hammett: "Próximo álbum até o final de 2005" (19 de setembro de 2004)
James Hetfield: "Jason fugiu quando as coisas ficaram pesadas" (25 de julho de 2004)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2022 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade