Destaques

Notícias

Ulrich comenta sobre masterização do Death Magnetic

   18 de Dezembro de 2008     tags: ulrich, hammett, death magnetic, entrevista      Comentários

Shay Quillen do MercuryNews.com realizou uma entrevista com Kirk Hammett e Lars Ulrich do Metallica, nos bastidores do show que fizeram em Fresno no sábado (13 de Dezembro). Alguns trechos da conversa podem ser conferidos abaixo.

Kirk Hammett sobre o compartilhamento de arquivos: "Nosso modo de pensar não mudou. Digo, eu acho que a propriedade intelectual deve ser protegida e respeitada, e isto é realmente o que faz muitas das coisas em toda a indústria do entretenimento funcionar. (Sua batalha legal contra o Napster o machucou da perspectiva de relações públicas?) Provavelmente, mas sabe, um pouco de sal no bolo torna o bolo mais saboroso, certo? Então, nós não podemos sempre tomar as decisões certas. Quanto as relações públicas e o modo como nós lidamos com isso, podíamos ter lidado bem melhor, mas nós ainda estamos apontando nossas armas nisso. Sabe, compartilhamento de arquivos ligado a música machuca a audiência de uma forma que muitas pessoas não percebem. As pessoas podem dizer que eu sou um cuzão por dizer o que estou dizendo, mas conhecendo bem os dois lados da equação, eu tenho que dizer, é conveniente a curto prazo, mas é destrutivo a longo prazo."

Lars Ulrich sobre as críticas a masterização do "Death Magnetic": "Há muitas pessoas da geração do rock que cresceram e agora estão em seus 40, e que ainda firmes no que eram 20 ou 30 anos atrás, e eu não culpo isso, no entanto. Mas obviamente, compressão tem um papel diferente na música, mixagem e masterização do que há 20 anos ou 30 anos. E obviamente, MP3s e serviços online e downloads - é um jogo diferente do que era. Então obviamente as coisas soam diferentes. Sabe, não há certo ou errado aqui. É na verdade questão de gosto, e é realmente sobre o que as pessoas preferem."

Kirk Hammett sobre sair em San Jose quando criança: "Eu tenho parentes em San Jose. Eles vivem pros lados da Story Road. Na verdade, eu passei bastante tempo em San Jose. Eu sempre ficava feliz de ir lá porque era sempre mais quente que San Francisco. Sempre que minha mãe dizia que nós estávamos indo para San Jose, eu falava 'Isso aí!' pois meus primos sempre estavam lá e eles tinham uma piscina. Eu era uma criança urbana vivendo em San Francisco onde sempre era frio, e nós não tínhamos uma piscina. Então era uma experiência divertida para mim."

Lars Ulrich sobre seu amor pela Bay Area: "Nós formamos em Los Angeles, mas eu sempre nos considerei uma banda da Bay Area. Nós tínhamos que sair de lá. Era louco demais. Todas aquelas coisas glam e de Hollywood estavam rolando. Ugh. Era desagragável. Nós viemos e tocamos alguns shows na cidade, no The Stone, The Mab, no Old Waldorf, todos esses lugares. Um ambiente muito mais aberto por aqui, obviamente. As pessoas eram muito mais abertas a música e individualidade e havia muito mais tolerância, obviamente, pois é isso que San Francisco e a Bay Area é. Então nós nos sentíamos muito mais em casa aqui... Como um não-americano, mas que paga os impostos, não há outro lugar em que eu gostaria de estar. Se eu for criticado ou algo assim, e for literalmente jogado pra fora - se Gavin me tirar de San Francisco, a grande Bay Area - então eu provavelmente voltaria para Dinamarca, porque eu não acho que poderia me sentir em casa o suficiente em outro lugar dos Estados Unidos para não querer ficar na Dinamarca."

Fonte (em inglês): Blabbermouth.net


Veja também

Ulrich: "Nós tivemos nossos dias de nos esconder atrás das paredes" (06 de agosto de 2012)
Ulrich: "As coisas estão bem fáceis e agradáveis" (15 de julho de 2010)
Ulrich sobre carreira do Metallica: "Uma jornada bem pura, bem honesta, bem direta" (21 de novembro de 2013)
Ulrich fala sobre festival Orion Music + More (29 de fevereiro de 2012)
Ulrich: "Usamos nosso sucesso para forçar autonomia criativa" (27 de junho de 2016)

Comentários




Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2024 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade