DISCOS
Kill'em All
Ride the Lightning
Master of Puppets
Garage Days Re-Revisited
...And Justice For All
Metallica
Load
Reload
Garage Inc.
S&M
St. Anger
Death Magnetic
Hardwired... To Self-Destruct
S&M2
72 Seasons

MISCELÂNEA
No Life 'Till Leather
Power Metal
The Good, The Bad and The Live
Live Shit: Binge and Purge
Metallica: Vinyl Box Set
Demo Magnetic
Live At Grimey's
Six Feet Down Under
Six Feet Down Under Part II
Beyond Magnetic
Lulu
Metallica Through The Never (Music from the Motion Picture)
Outros

Letras - Prince Charming

Prince Charming

(Hetfield/Ulrich)

There's a black cloud overhead
That's me
And the poison ivy chokes the tree
Again it's me
I'm the filthy one on Bourbon Street
You walk on by
I'm the little boy that pushes hard
And makes him cry

There's a dirty needle in your child
Haha, stick me
Empty bottles still in hand, still dead
Still me
I'm the suit and tie that bleeds the street
And still wants more
I'm the .45 that's in your mouth
I'm a dirty, dirty whore

Yeah, look it's me
The one who can't be free
Much too young to focus
But too old to see
Hey, look it's me
What no one wants to see
See what you brought this world
Just what you wanna see
Hey ma
Hey ma, look it's me

Yeah, he wants to become father now
Me again, me
The marks inside your arms spell me
Spell only me
I'm a nothing face that plants the bomb
And strolls away
I'm the one who doesn't look quite right
As children play

Look up to me
What to be and what to fear
Look up to me
Look it's me, at what you hear
See right through me
See the one who can't be free
See right through me
Look it's me what no one wants to see

Hm, now see the black cloud overhead
That's me
Hm, and this poison ivy chokes the tree
Again it's me
And I'm the filthy one on Bourbon Street
You walk on by
And I'm the little boy that pushes, pushes
Makes him cry

Yeah
It's me

Hey ma
Hey ma, look it's me

See right though me
Look up to me
See right though me
Look up to me

Príncipe Encantado

(Hetfield/Ulrich)

Há uma nuvem escura lá no alto
Sou eu
E a hera venenosa sufoca a árvore
Novamente sou eu
Eu sou a única pessoa imunda na Bourbon Street
Você caminha por perto
Eu sou o garotinho que batalha duro
E o faz chorar

Há uma agulha suja em seu filho
Haha, enfie em mim
Garrafas vazias ainda em mãos, ainda imóveis
Sou eu ainda
Eu sou o terno e a gravata que sangra a rua
E ainda quero mais
Eu sou o calibre 45 que está em sua boca
Eu sou uma prostituta obscena, obscena

É, olhe sou eu
O único que não pode ser livre
Jovem demais para focar
Mas velho demais para ver
Ei, olhe sou eu
O que ninguém quer ver
Veja o que você trouxe para este mundo
Simplesmente o que você quer vê
Ei mamãe
Ei mamãe, olhe sou eu

É, ele quer se tornar papai agora
Sou eu novamente, eu
As marcas dentro de seus braços me encantam
Encantam somente a mim
Eu sou um cara de nada que instala a bomba
E passeia por aí
Sou aquele que não parece perfeitamente correto
Como um jogo de criança

Olhe para mim
O que virá e o que temer
Olhe para mim
Olhe sou eu, o que você ouve
Olhe direto através de mim
Veja aquele que não pode ser livre
Olhe direto através de mim
Olhe sou eu, o que ninguém quer ver

Hm, agora veja a nuvem escura lá no alto
Sou eu
Hm, e esta hera venenosa sufoca a árvore
Novamente sou eu
E sou a única pessoa imunda na Bourbon Street
Você caminha por perto
E eu sou o garotinho que batalha, batalha
E o faz chorar

Sim
Sou eu

Ei mamãe
Ei mamãe, olhe sou eu

Olhe direto através de mim
Olhe para mim
Olhe direto através de mim
Olhe para mim

[ Voltar ]



Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2024 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade