Destaques

Notícias

Show de Montreal: Ingressos esgotados em menos de 3 horas

   08 de agosto de 2004     tags: montreal, madly in anger with the world      Comentários

O show do Metallica em Montreal, Canadá, que acontecerá dia 4 de Outubro no Bell Centre, teve seus ingressos esgotados em menos de 3 horas após o início de suas vendas, no sábado dia 7. Aproximadamente 19 mil ingressos foram vendidos para o evento, um dos três shows que serão feitos no Canadá nesta segunda parte da turnê norte-americana.

Embora seja impressionante a velocidade de venda dos ingressos do Metallica em Montreal, a banda não conseguiu bater o recorde da cantora Celine Dion, na qual vendeu mais de 19 mil ingressos em aproximadamente 2 horas no mesmo local.

fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top

Metallica Vault atualizado

   05 de agosto de 2004     tags: vault      Comentários

O Metallica Vault foi atualizado novamente com mais um show, desta vez realizado em Nurnberg, Alemanha, no dia 21 de Maio de 1999.

As seguintes música estão disponíveis:

01 Master of Puppets
02 Of Wolf and Man
03 The Thing that Should Not Be
04 Fuel
05 The Memory Remains
06 Bleeding Me
07 Bass_Guitar Doodle - The Four Horsemen
08 For Whom the Bell Tolls
09 Kirk Doodle
10 King Nothing
11 Wherever I May Roam
12 One
13 Fight Fire With Fire
15 Sad But True
16 Creeping Death
17 Jam
18 Enter Sandman
19 Battery

Para acessar o Metallica Vault, é necessário realizar o cadastro no próprio site utilizando o CD-Key que acompanha o álbum "St. Anger". Visite a página clicando aqui.

Agradecimentos: KearBarl

    Top

Clipe de "The Unnamed Feeling" indicado ao VMB

   05 de agosto de 2004     tags: premiação      Comentários

O clipe da música "The Unnamed Feeling", tirado do último álbum da banda "St. Anger", foi indicado ao prêmio de "Melhor Clipe Internacional" do Video Music Brasil 2004, apresentado pela MTV brasileira.

Além do Metallica, concorrem ao mesmo prêmio Linkin Park com "Numb", Nickelback com "Someday", Incubus com "Megalomaniac", Evanescence com "My Immortal", Limp Bizkit com "Behind Blue Eyes", Offspring com "Hit That", Blink 182 com "Feeling This", Avril Lavigne com "Don´t Tell Me", Red Hot Chili Peppers com "Fortune Faded", Good Charlotte - "Hold On", Nightwish com "Nemo", entre outros.

A lista completa dos indicados pode ser vista, clicando aqui.

Vale lembrar que essa categoria é votada pela audiência.

Agradecimentos: Come crawling faster

    Top

James Hetfield fala de Dave Mustaine

   04 de agosto de 2004     tags: hetfield, entrevista      Comentários

Em uma nova entrevista ao EletricBasement.com, o frontman do Metalllica James Hetfield falou sobre o último trabalho da banda, o documentário "Some Kind of Monster". Quando perguntado sobre a cena em que Lars Ulrich e Dave Mustaine se sentam para conversar cara-a-cara e se ele teve a chance de fazer o mesmo com o líder do Megadeth, Hetfield disse, "Ainda não. Ainda não, e não há motivo para não fazer isso pois nós compartilhamos muita energia, muitos caminhos e lidamos com perfeccionismo e queremos nos bater. Você sabe, aquelas críticas em sua cabeça que são tão egoístas. Então nós compartilhamos muita coisa, e eu vejo nisso o sentimento que ele ainda guarda e o quanto ele queria se livrar do Lars e o quanto eu queria estar lá e proteger meu irmão lá, sabe. Hm, mas eu estou feliz por não ter estado. Foi bom que eles estiveram, quero dizer foi uma cena extremamente reveladora para ambos. Eu acho que o Lars finalmente não sabe o que fazer. Lars finalmente não está no controle e a câmera está lá, é ótimo! Quer dizer, ver ele daquele jeito, ver o lado humano dele e de Dave também, se libertar e sabe, talvez agora ele possa ver que, nossa, se ele pudesse ver isso. Eu espero que ele veja isso. Você sabe. Porque quando eu vejo as minhas cenas é como, 'Cara! Eu não aguentaria isso. Eu não ficaria em uma mesma sala que você.' Você sabe. É um grande espelho."

fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top

Aniversário de James

   03 de agosto de 2004     tags: hetfield      Comentários

Hoje, dia 3 de Agosto, James completa 41 anos de idade. Felicidades para o frontman do Metallica e muitos anos de vida.

Agradecimentos: KuKa HeTfielD

    Top

Phil Towle: "Jason teve a coragem de se levantar frente ao Metallica"

   30 de julho de 2004     tags: skom, entrevista      Comentários

Em recente entrevista ao The Kansas City Star, o ex-terapeuta do Metallica, Phil Towle, disse sobre a saída do baixista Jason Newsted da banda, cena que não aparece no documentário "Some Kind of Monster". Quando perguntado como ocorreu, respondeu, "estávamos sentados fazia meia hora mais ou menos quando Jason disse a mim, 'eu quero falar com os caras, pode pode nos dar licença?' Então eu fui para uma outra sala. Eu podia ouvir toda a dor ressoando da sala em que eles estavam, e depois de 10 minutos, eu voltei para lá. Jason disse, 'eu não quero você aqui.' Eu disse, 'eu fui contratado para estar aqui, para trabalhar com vocês e seus problemas, e eu não posso ficar na outra sala.' Houve silêncio. Então Lars disse, 'Deixe ele ficar.'"

"Eles estavam tão chocados que um membro da família por 14 anos estivesse saindo da banda por várias razões. Eles disseram, 'nós temos que fazer algo quanto a isso.' Então ofereci isto: Ao invés de investir essa energia na raiva contra o Jason, use isto para explorar os problemas mais profundos de desconforto e conflitos que os fez sair."

"Em uma família desfuncional, Jason teve a coragem de se levantar. Ele foi aquele que iniciou o processo de chamar a atenção. Eu li uma antiga entrevista com o Metallica na Playboy na qual os membros da banda separamente falaram mal um dos outros. Então agora o conflito tinha vindo a tona."

Towle também falou sobre a cena próxima do fim de "Some Kind of Monster", na qual ele, James e Lars discutem sobre o papel de Phil na banda. Perguntado sobre o que ocorreu, Towle disse, "a banda estava passando por um momento de indecisão sobre continuar ou não comigo. Eu precisava de uma resposta. Eu disse que precisava saber porque estava pensando em parar com eles. Fora do foco das câmeras, tivemos algumas conversar sobre continuar ou não. Então eu realmente me senti meio pego de surpresa. Eu sentia que eu tinha ajudado apenas em partes para resolver alguns dos problemas."

"Mas também foi difícil para mim pensar em sair. Eu estava com esse cliente todos os dias por quase 2 anos e meio. Nós começamos com sessões de 2, 3 horas, e então quando as coisas esquentaram enquanto faziam o álbum, eu estava no estúdio todos os dias. Eu não queria sair do precesso, da intimidade. E eu pensei que tínhamos um acordo. Mas, você sabe, a coisa que me fez sair de tudo isso foi quando Lars veio ajudar James. Isto realmente estabilizou as coisas entre eles."

A entrevista completa, em inglês, pode ser lida clicando aqui.

fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top

Última entrevista de Cliff: Tradução completa

   26 de julho de 2004     tags: burton, entrevista      Comentários

A última entrevista de Cliff foi conduzida por Jörgen Holmstedt em Estocolmo no dia 26 de Setembro, 14 horas antes de sua morte. A entrevista e a seção de fotos foi feita para a revista pop sueca "Okej" e foi publicada agora em sua totalidade na edição de 20 de Julho da "Sweden Rock Magazine".

O MetalRemains traz então, uma tradução exclusiva e completa da última entrevista de Cliff Burton, a qual pode ser lida clicando aqui.

    Top

Novo tributo ao Metallica

   25 de julho de 2004     tags: tributo      Comentários

Motörhead, Dark Angel, Flotsam and Jetsam e vários membros do Kiss, Deep Purple e Testament estão entre os músicos que participarão do novo tributo ao Metallica, "Metallic Attack: Metallica - The Ultimate Tribute", a sair dia 3 de Agosto nos EUA. Segue a lista de músicas do CD:

01. Motörhead - "Whiplash"
02. Flotsam and Jetsam - "Damage Inc."
03. Membros do Ptrong, Extreme, Anthrax e Judas Priest - "Enter Sandman"
04. Death Angel - "Trapped Under Ice"
05. Membros do Deep Purple e Kiss - "Nothing Else Matters"
06. Page Hamilton do Helmet e Scott Ian do Anthrax - "Motorbreath"
07. Whitfield Crane do Ugly Kid Joe e Rocky George do Suicidal Tendecies - "Master of Puppets"
08. Chuck Billy do Testament e Alex Skolnick - "Holier Than Thou"
09. Life After Death - "Eye of the Beholder"
10. Dark Angel - "Creeping Death"

fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top

James Hetfield: "Jason fugiu quando as coisas ficaram pesadas"

   25 de julho de 2004     tags: hetfield, entrevista      Comentários

James Hetfield do Metallica foi recentemente entrevistado por Greg Kot do Chicago Tribune sobre o documentário "Some Kind of Monster". Seguem alguns trechos da entrevista:

P. Lars Ulrich disse que o Metallica que existe atualmente é o Metallica que Jason Newsted sempre quis quando estava na banda. Você concorda?

James: "Jason certamente nos incentivou a refletirmos sobre nós mesmos, mas infelizmente ele foi aquele que não fez isso, ele fugiu. Assim que começou a ficar pesado, ele caiu fora. Eu estou feliz em termos continuado com aquilo que tínhamos que fazer. De certa forma, estávamos desapontados pelo fato dele não querer continuar o trabalho. Ele queria só chegar ao final. Ele não queria percorrer o caminho para isso."

P. Então o que exatamente você e o Lars têm em comum além das lutas pela liderança em uma banda de rock milionária?

James: "[risos] Você não está errado em dizer que nós somos pessoas bem diferentes em nossos interesses externos. Mas internamente, a música nos move de certa maneira, e a mesma música tocou nossas vidas logo no começo. Além disso, nós dividimos os problemas de controle, de confiança, de poder. Então há bastante coisa que temos em comum, e nós usamos isso um contra o outro por um bom tempo. Por isso é tão difícil para nós nos aproximarmos, porque nós usamos as mesmas armas e as mesmas barreiras. Nós estamos conseguindo abaixar a guarda e nos conhecermos melhor, e agora sabemos quando um de nós está usando as velhas táticas para trilhar seu caminho."

P. Vocês já pararam para pensar se este filme poderia se tornar em uma versão verdadeira de "Spinal Tap" (filme que retrata a trajetória e crise da banda fictícia "Spinal Tap")?

James: "[risos] Quando alguém diz algo desse tipo, duas coisas me vêm a mente. Uma é, 'Meu Deus, o que fizemos? O que fizemos de errado? Eu não posso voltar atrás agora.' E a segunda é o quão triste é alguém pensar que o que fizemos é tão chocante. Que alguém ser ele mesmo, e se abrir - que presente maravilhoso é ter câmeras lá durante nossa época mais traumática. Ninguém entende isso de verdade. Por que não explicar?

"Este filme é sobre relacionamentos. São quatro caras que estão passando a vida juntos e por acaso nós tocamos música. Não é sobre rock. Gira em torno de estarmos em uma banda, mas poderia ser um filme sobre quatro caras que não estavam em uma banda. A parte mais interessante é que nós estamos em uma banda sempre visível e em uma carreira que é muito baseada no uso e controle da imagem, e estamos quebrando isto."

fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top

Diretores de Some Kind of Monster rebatem acusações de Mustaine

   22 de julho de 2004     tags: skom      Comentários

Os produtores do documentário "Some Kind of Monster", Joe Berlinger e Bruce Sinofsky, publicaram um comunicado ao MTV News rebatendo várias das alegações feitas por Dave Mustaine (Megadeth) sobre como ele foi retratado no filme.

Mustaine alega que depois de anos de amargura entre ele e o Metallica, ele finalmente concordou em ajudá-los no documentário de 4.3 milhões de dólares e foi apunhalado pelas costas pelos seus esforços. Em uma das cenas mais fortes, Mustaine confronta o baterista Lars Ulrich sobre o fato de ter sido chutado da banda em 1982 por abuso de álcool.

"É de nossa resposabilidade o que filmamos, como filmamos e as decisões feitas na sala de edição," disseram os produtores no comunicado. "Nós estamos muitos surpresos com o modo como o Sr. Mustaine está insatisfeito. Nós o consideramos inteligente, articulador, sendo pressionado com os mesmo problemas do Metallica - questões de criatividade e identidade existencial e tensão colaborativa. Lars Ulrich é mostrado de maneira igualmente humana, até derrubando uma lágrima perante a câmera durante a cena. Mesmo que não pudéssemos incluir as três horas de gravação feitas com ele, realmente acreditamos que a cena em questão é verdadeira e representativa das emoções que transpareceram."

"Como de maneira padrão, o formulário de lançamento que o Sr. Mustaine assinou no dia da filmagem não incluia nenhuma cláusula na qual ele, ou qualquer uma das pessoas que foram filmadas e assinaram o mesmo formulário, deveriam aprovar o material," disseram eles. "Entretanto, durante a filmagem da cena, existem vários momentos que se tornaram particularmente emocionais, nas quais o Sr. Mustaine nos pediu para desligarmos as câmeras, pedido ao qual atendemos - nenhuma parte desse material foi incluída no filme. Os trechos que foram usados não tinham nenhum tipo de restrição do Sr. Mustaine quando ele assinou o formulário."

"Dois anos depois de filmas a cena com o Sr. Mustaine, nós contatamos seus representantes para aprovação da cena, mas para solicitar a permissão de uso de trechos de vídeos do Megadeth e vídeos antigos. Quando o Sr. Mustaine pediu para ver como aparecia em nosso filme antes de dar a permissão de usar o materal, nós enviamos uma cópia da cena, imaginando que a veria como positiva. Quando fomos informados que ele estava infeliz com a maneira que foi retratada, nós o oferecemos pessoalmente para ver o filme completo, mas ele recusou a oferta. Não houve tentativa de apunhalá-lo pelas costas por nenhuma das pessoas involvidas neste filme."

Embora os produtores concordem que o momento da entrevista provavelmente contribuiu para que Mustaine e Ulrich concordassem em abrir seus sentimentos um ao outro, "o momento da conversa não invalida a integridade da cena ou sua veracidade," disseram eles. "Provavelmente somente o oposto é verdade. O momento nos permitiu capturarmos um momento incrivelmente verdadeiro e humano. As câmeras não estavam escondidas - nós fomos convidados na sala."

fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top



Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2017 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade