Destaques

Notícias

Lars Ulrich, sobre Kurt Cobain

   02 de abril de 2004     tags: ulrich, entrevista      Comentários

Na véspera do aniversário de 10 anos da morte de Kurt Cobain, o baterista do Metallica, Lars Ulrich, deu o seguinte depoimento a NME.com:

"Em 1991 havia uma espécie de mudança no rock nos Estados Unidos - ela estava afetando todas as bandas de Los Angeles. E com Kurt Cobain você sentia que estava se conectando com a pessoa de verdade, não uma percepção daquilo que ele era - você não se conectava a uma imagem ou uma figura fabricada. Sentia que entre você e ele não havia nada; era de coração para coração. Haviam poucas pessoas que tinham essa habilidade.

Eu nunca o encontrei, mas nosso guitarrista Kirk Hammett se encontrou com ele. Nós estávamos fazendo nossa turnê com o Guns N' Roses nos EUA em 1992 e queríamos que o Nirvana viesse e se juntasse a nós. Kirk perguntou ao Kurt, mas ao mesmo tempo que o Cobain disse que tocaria com o Metallica em qualquer lugar no mundo, em qualquer hora, em qualquer palco, ele não pisaria no mesmo palco que o Guns N' Roses - obviamente ele sentia que o Axl era a antítese daquilo que ele era.

Como eu disse, eu nunca encontrei o Kurt, e ele é provavelmente o único cara do rock'n'roll que eu nunca encontrei e que eu gostaria de encontrar - além de Bon Scott talvez. Algo triste é que nós não podemos ouvir um quarto álbum do Nirvana. Teria sido ótimo poder ver como aquilo evoluiria."

Agradecimentos: KuKa HetFielD
Tradução: MetalRemains.com
fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top

Fãs suecos querem homenagear Cliff

   01 de abril de 2004     tags: burton      Comentários

Uma organização de fãs suecos do Metallica está planejando uma homenagem póstuma ao ex-baixista da banda, Cliff Burton, que morreu num acidente de ônibus em Ljungby, Suécia, em 1986.
Os fãs estão querendo erguer uma pedra em memória ao músico.
Segundo uma mensagem postada num site sueco, o projeto, que já havia sido pensado antes, porém sem conclusão, está recebendo bastante apoio, inclusive do maior jornal local, o Aftonbladet.

Agradecimentos: wish_maiden
fonte: Dynamite

    Top

Entrevista com Lars: "St. Anger está a frente de seu tempo"

   29 de março de 2004     tags: ulrich, st. anger, entrevista      Comentários

O baterista do Metallica, Lars Ulrich, disse recentemente ao Seattle Post-Intelligencer sobre a natureza desafiadora do mais recente álbum da banda, "St. Anger".

"Algumas pessoas ficaram sobrecarregadas devido a ele," disse Ulrich sobre o sucessor de "ReLoad", de 1997. "Eu consigo ver agora que, para as pessoas que conheciam o Metallica mais superficialmente, 'St. Anger' pode ser uma gravação bem desafiadora. Mas eu estou orgulhoso dela, e também que a mantivemos e não desistimos. Algumas vezes no passado, quando decidíamos fazer algo mais agressivo, nós meio que a deixávamos mais leve. Estou feliz por não termos feito isso."

" '... And Justice for All' é um dos divisores de água na carreira da banda. Mas próximo a ele, 'St. Anger' soa como 'Dark Side Of The Moon' (n. do. e.: álbum do Pink Floyd). Será interessante ver o que as pessoas pensarão do álbum daqui cinco ou dez anos. Existem pessoas que pensam que ele está um pouco a frente de seu tempo."

Ulrich disse também sobre a atual turnê com o Godsmack, que iniciou no começo do mês no Arizona, EUA. Ela seria uma continuação das cidades da "Summer Sanitarium Tour", na qual a banda tocava em estádios, juntamente com o Linkin Park e Limp Bizkit.

"Nós quase nos saímos bem," disse Ulrich sobre a turnê que acabou dando prejuízo. "As turnês em estários, você as faz por causa da vibração e porque são divertidas e porque é verão. A idéia era juntar algumas bandas legais e sair para se divertir. Tem uma vibração de festivais de rock antigo. Mas há não ser que você curta Rolling Stones e pode cobrar uma fortuna nos ingressos, você não sai para uma turnê em estários para colocar suas crianças na faculdade."

De acordo com Lars, os atuais shows do Metallica têm uma rotatividade de
mais de 40 músicas na setlist.

"Nós fazemos um show diferente a cada noite," disse Ulrich ao Seattle Post-Intelligencer. "No passado, algumas vezes nós caíamos na mesmisse. Toda noite, por seis meses, tocávamos o mesmo show. Se você quisesse colocar uma música diferente, tínhamos que avisar o responsável pela iluminação três dias antes para que ele pudesse programar no computador."

"Agora a gente junta uma setlist diferente a cada noite. Isso a mantém nova pra gente. Nós estamos tocando músicas que nunca havíamos tocado. Nós temos uma salinha pra praticar, onde nos juntamos por cerca de 30 minutos para tentarmos fazer com que as músicas novas que tocaremos na noite saiam direito."

Tradução: MetalRemains.com
Agradecimentos: Dands
fonte (em inglês): AllMetallica.com

    Top

Kirk Hammet: "Maiden e Judas não têm mais relevância"

   27 de março de 2004     tags: hammett, iron maiden, judas priest      Comentários

Em entrevista publicada esta semana pelo jornal Denver Post, dos EUA, o guitarrista Kirk Hammett declarou: "Você olha para bandas como Def Leppard, Bon Jovi, Judas Priest e Iron Maiden e é bem louco ver que essas bandas foram uma grande influência para nós e hoje não têm mais nenhuma relevância". Perguntado pelo repórter se TODAS essas bandas influenciaram o Metallica, Hammett titubeou: "Bem, todas, sim, menos o Bon Jovi".

A entrevista completa pode ser lida, em inglês, clicando aqui.

Agradecimentos: Pandora_Ulrich
fonte: Rock Brigade

    Top

Trailer de Some Kind Of Monster

   25 de março de 2004     tags: skom, vídeos      Comentários

Um trailer para o "Some Kind of Monster" foi postado online em formato QuickTime no site oficial do filme.

O documentário será lançado no início de Julho em cinemas de Nova Iorque, Los Angeles e São Francisco, com planos de expandir o número de salas no outono americano.

De acordo com Joe Berlinger, que dirigiu o filme com Bruce Sinofsky, "Some Kind of Monster" será lançado em VHS e DVD no começo do ano que vem, em provavelmente duas edições: DVD duplo com o filme e material extra, e em um box com 4 DVDs com o filme e mais quatro horas e meia de material inédito. Ainda existe grande chance de que a trilha sonora acompanhe o DVD, disse Berlinger, informando ainda que ela provavelmente terá músicas que foram deixadas de lado no "St. Anger".

Link: Trailer
Link: Player de QuickTime
Site oficial: SomeKindOfMonster.com
Agradecimentos: jordan
fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top

Capa de "So What! The Good, The Mad And The Ugly"

   24 de março de 2004     tags: livros      Comentários

O site oficial do Metallica foi atualizado com a capa do primeiro livro oficial da banda "So What! The Good, The Mad And The Ugly".

Previsto para sair em Agosto pela Broadway Books nos EUA, "So What! The Good, The Mad And The Ugly" será lançado em formato grande, com capa dura, contendo mais de 1000 fotos, anotações dos membros da banda, desenhos, reflexões e mesas redondas com o grupo, tudo compilado a partir do fanzine oficial do MetClub.

O livro será editado por Steffan Chirazi, cronista da banda e editor da revista trimestral "So What!", enviada aos vinte mil membros do fã-clube oficial do Metallica.

Capa: Ver imagem
Agradecimentos: Master of Justice
fontes (em inglês): Blabbermouth.net, Metallica.com

    Top

Metallica indicado ao Prism Awards

   23 de março de 2004     tags: premiação      Comentários

O Metallica foi indicado ao Prism Award de 2004, prêmio destinado a atores, músicos e artistas de quadrinhos que mostraram em seu trabalho os perigos do uso de drogas, álcool e cigarro. Este prêmio, que está em sua oitava edição, é realizado pela Entertainment Industries Council Inc.

O clipe da Frantic foi indicado na categoria de vídeos.

Agradecimentos: Dands
fonte (em inglês): Encymet.com

    Top

Metallica sem gravadora no futuro?

   23 de março de 2004     tags: ulrich, entrevista      Comentários

Lars Ulrich, baterista do Metallica, disse recentemente ao Launch Radio Networks que a banda planeja examinar suas opções de distribuição de gravações assim que terminarem o contrato atual com a Elektra Records (o Metallica tem apenas mais um álbum no contrato vigente).

"Você sabe, nosso contrato está para acabar (risos) e nós vamos descobrir o que faremos depois disso," disse ele. "Você sabe, o que é bom em estar em uma banda como a nossa é que nós estamos em posição de não precisar de uma gravadora. Basicamente gravadoras agem como bancos. E quando você não precisa da parte de banco da gravadora, você pode meio que fazer você mesmo. Então nós meio que veremos onde isto vai dar."

Metallica está com a Elektra Records desde 1984. A banda está atualmente na primeira parte da turnê norte-americana, que durará até outubro.

fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top

Hetfield nem sempre ri das piadas sobre o Metallica

   19 de março de 2004     tags: hetfield, entrevista      Comentários

O frontman do Metallica, James Hetfield, disse ao Edmonton Journal que está acostumado a ser alvo de piadas, uma das conseqüências de ter processado o Napster e a compania de cosméticos com a linha "Metallica" de perfumes e batons. Mas Hetfield nem sempre acha graça disso, como por exemplo a banda "Metallicugh!" que tirou sarro do nome "Metallica" devido aos inúmeros processos legais já ocorridos. Como esperado, a banda canadense logo recebeu um comunidado dos advogados do Metallica para mudar de nome, e foi de fato o que aconteceu.

"Quer saber? Nós estamos defendendo aquilo que é nosso," disse Hetfield. "As pessoas podem rir o quanto elas quiserem."

Hetfield disse também que acredita que estão pegando pesado com o Metallica devido ao problema com o Napster.

"O fato de que era de graça era o que estava nos incomodando," disse ele. "Nós poderíamos ligar menos se eles estivessem baixando, nós queremos conveniência. Mas nós queríamos que fossemos perguntados se gostaríamos de ser parte disso. Pra mim, era roubo e eu cresci sabendo que roubar é errado. Nós estávamos defendendo aquilo que achávamos certo. Foi difícil devido a excitação das pessoas quanto as possibilidades. Nós estávamos também, mas estávamos ao mesmo tempo com medo delas - o que significava para nós e para nossa carreira? Como sustentaríamos nossos filhos?"

"Você sabe, revistas como Rolling Stone ou Forbes divulga listas das bandas com maior arrecadação e sempre estamos lá. Mas eles nunca têm uma coluna que mostra os nossos gastos, quanto pagamos com impostos e todas essas coisas. É realmente injusto que as pessoas pensem que devido ao dinheiro que você tem, você deve agir de maneira diferente - roubar está certo porque você tem o suficiente. Eu realmente não entendo isso."

fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top

Governors Awards de 2004

   17 de março de 2004     tags: premiação      Comentários

O Metallica foi honrado com o Governors Awards de 2004 pela excelente criatividade e sucesso atingido, pela San Francisco Chapter of the Recording Academy. A entrega do prêmio foi realizada na segunda, dia 15 de Março, no hotel Westin St. Francis, em São Francisco.

De acordo com o site oficial do Metallica, os membros receberam o prêmio de um conhecido produtor de shows local, Gregg Perloff, que não exitou em contar histórias sobre os shows da banda na Bay Area. Cada um dos integrantes do Metallica falou sobre São Francisco e a cena musical existente lá, além da conexão existente entre a banda e a cidade.

fonte (em inglês): Blabbermouth.net

    Top



Newsletter
Receba em seu e-mail as últimas notícias sobre Metallica:

Conecte-se

Facebook   Google+   Twitter   RSS   Fórum

© 1998-2017 Metallica Remains - Desde 13 de Janeiro de 1998 | Política de Privacidade